Podcasts de história

Troy University

Troy University

A Troy University, anteriormente conhecida como Troy State University, é uma universidade pública situada em Troy, Alabama. A universidade oferece uma variedade de programas educacionais nos níveis de graduação e pós-graduação para um corpo discente diversificado em formatos eletrônicos tradicionais, não tradicionais e emergentes. A universidade abrange um campus de 460 acres mais o adjacente Troy University Arboretum. Os dedicados professores e funcionários da universidade promovem a descoberta e exploração do conhecimento e sua aplicação ao sucesso ao longo da vida por meio de ensino, serviço, parcerias criativas, bolsas de estudo e pesquisa eficazes. A universidade foi fundada em fevereiro de 1887, por um ato do Legislativo do Alabama como State Normal School - uma instituição para treinar professores para as escolas do Alabama. A escola mudou seu nome para Troy State Normal College em 1893. Até 1929, a faculdade oferecia cursos de extensão para professores e concedia certificados de ensino. O Conselho Estadual de Educação mudou o estatuto da instituição e a renomeou como Troy State Teacher's College. Em 1930, a faculdade mudou-se para o local atual e os dois primeiros edifícios foram dedicados - Shackelford Hall, em memória de Edward Madison Shackelford presidente da escola , de 1899-1936, e Bibb Graves, o “governador de educação” do Alabama. Em 1957, a legislatura votou para mudar o nome para Troy State College e permitir que ele começasse um programa de mestrado. Em 1969, a faculdade ganhou o status de universidade e mudou seu nome para Troy State University. O sistema da Troy University tem campi importantes adicionais no estado do Alabama, incluindo a Troy University Phenix em Phenix City, a Troy University Montgomery e a Troy University Dothan. A universidade possui um grande programa de ensino à distância / fora do campus e oferece diferentes cursos em conjunto com as Forças Armadas dos Estados Unidos.


Troy University (Nova York)

Troy University foi uma universidade de curta duração estabelecida em Troy, Nova York, em 1858, sob os auspícios da Igreja Metodista Episcopal. A escola fechou em 1861. O prédio que abrigava a universidade permaneceu um marco proeminente de Tróia até 1969. No local agora está a Biblioteca Folsom do Rensselaer Polytechnic Institute.

Havia planos iniciais para a fundação de um colégio em Tróia em 1853, e o plano de organização foi adotado em 1854. [1] Os regentes do estado de Nova York emitiram uma carta provisória em 13 de abril de 1855 para o conselho educacional do Metodista Episcopal Igreja. [1] O plano original era para um curso universitário de quatro anos e um curso universitário adicional de "Palestras sobre os ramos superiores da ciência e da literatura, estendendo-se por dois anos". [1] Também havia planos não realizados para uma escola de teologia. [1] Uma propriedade de 36 acres (150.000 m 2) foi comprada, incluindo a maior parte do Monte Ida em Tróia, e um grande edifício de arquitetura bizantina foi erguido. [1]

A universidade foi aberta para estudantes em 9 de setembro de 1858, e a instituição permaneceu aberta por cerca de três anos. [1] Em representações feitas ao Conselho de Regentes pelo Presidente do Conselho de Curadores e pelo Presidente em exercício do corpo docente, a carta patente da Troy University foi tornada absoluta em 18 de março de 1861. [1] Troy University foi considerada firmemente estabelecido o suficiente para permitir a criação em 1859 do capítulo Kappa Phi de Delta Kappa Epsilon fretado em 2 de março de 1860. [2]

A administração da Universidade arrecadou fundos com a venda de bolsas de estudo, que eram um direito de frequentar no futuro com base no valor atual em dólares. [1] Aparentemente, o período inflacionário do início da década de 1860 destruiu a estabilidade financeira da universidade. Em algum momento de 1862, a hipoteca da propriedade foi executada e o local foi comprado pela Igreja de Santa Maria de Albany. [1] A Igreja Católica mantinha um seminário no local, conhecido como "Seminário Teológico São José da Província de Nova York". Em 1896, tornou-se Escolasticado dos Irmãos Cristãos. [3] Os treze alunos restantes da Troy University foram admitidos no grau de Bacharel em Artes na Wesleyan University em Middletown, Connecticut [4]

O Seminário de São José treinou centenas de padres até seu fechamento durante a década de 1890. O prédio foi posteriormente usado para uma variedade de propósitos, incluindo o alojamento de órfãos por um tempo. [5]

O enorme edifício de quatro andares, com suas quatro torres altas e arquitetura bizantina, era uma característica imponente do horizonte de Tróia até que foi demolido em 1969. [6] O edifício foi comprado pela RPI em 1958 e foi renomeado como "Edifício da Universidade". A Escola de Administração, o departamento de Relações Públicas e uma parte do departamento de Física ocuparam os dois primeiros andares. Os pisos superiores foram encerrados devido a preocupações de instabilidade estrutural. A Biblioteca Folsom foi construída no local em 1976. [5]


Troy University Football

O ano inaugural de Troy na Divisão I-A incluiu jogos contra oponentes altamente classificados, incluindo a Universidade de Miami e a Universidade de Nebraska, que se enfrentaram pelo campeonato nacional de 2001. Apesar de uma agenda assustadora, Troy terminou a temporada de 7 a 4, incluindo uma virada de 21 a 9 por causa da Universidade Estadual do Mississippi. Satisfeita com esses sucessos, a universidade decidiu expandir o Memorial Field e buscar uma afiliação à conferência. Essas decisões resultaram na construção do Veterans Memorial Stadium, com capacidade para mais de 30.000 fãs, e na Troy State University juntando-se à Sun Belt Conference para a temporada de 2004. Em seu primeiro ano como membro do Sun Belt, Troy ganhou o título da conferência e recebeu um convite para o Silicon Valley Bowl em San Jose, Califórnia, onde a equipe perdeu para Northern Illinois 34-21. Depois de uma exibição ruim na conferência em 2005, em 2006 os Trojans venceram a Middle Tennessee State University em um jogo que ficou conhecido como o "Milagre em Murfreesboro". Troy marcou dois touchdowns nos minutos finais para vencer por 21-20. As conquistas da temporada foram encerradas com um convite para o R + L Carriers New Orleans Bowl. Na frente de uma audiência de televisão nacional, os Trojans dominaram a Rice University 41-17 para ganhar seu primeiro jogo de boliche na história da escola. Desde sua transição para a Divisão I-A, o futebol de Trojan tem desfrutado de uma reputação crescente como um "matador de gigantes". Em jogos caseiros transmitidos pela televisão nacional, Troy derrotou Marshall em 2003, o décimo sétimo lugar no Missouri em 2004 e o Estado de Oklahoma em 2007, e em 2017 contra o número 25 da Louisiana State University 24-21 em Baton Rouge. Em 2014, o técnico de longa data Larry Blakeney (1991-2014) se aposentou como o técnico mais vencedor da história do programa, com um recorde de 178-113-1. Os Trojans tiveram sucesso contínuo sob o comando do ex-coordenador ofensivo Neal Brown, postando um recorde de 10-3 e uma classificação entre os 25 primeiros em 2016 e ganhando três jogos de tigela consecutivos de 2016-2018. O programa foi 11-2 em 2017, 10-3 em 2018 e empatou com o melhor recorde da conferência em 7-1 em ambas as temporadas.

Inglês, Van. Beyond the Normal: The Centennial History of Troy State University, 1880-1986. Troy, Ala .: Troy State University Press, 1988.


Troy University - História

Estátua de Trojan na Universidade de Troy A cidade de Troy é a sede do condado e a maior cidade do Condado de Pike. Desde suas origens como um pequeno assentamento rural, Troy cresceu e se tornou uma próspera cidade universitária como a casa da Troy University. Troy opera sob uma forma de governo do conselho de prefeitos. O prefeito serve e é eleito livremente, e os cinco membros do conselho servem em distritos de um único membro. Zebulon Montgomery Pike Outrora parte do território pertencente aos índios Creek, a terra que se tornaria Tróia foi colonizada pela primeira vez no início da década de 1830. Conhecido como Deer Stand Hill nesta época, seu primeiro colono branco registrado foi William Soles em 1835. Os colonos subsequentes estabeleceram fábricas têxteis e começaram a criar gado. A Three Notch Road, originalmente uma trilha de caça do Creek para o Tennessee, tornou-se uma estrada oficial em 1824 e foi usada como rota comercial para Pensacola. Em 1838, os proprietários de Deer Stand Hill, John Hanchey e John Coskrey, conseguiram que a sede do condado fosse transferida de Monticello para sua propriedade, uma localização mais central no condado, e Troy foi assim fundada. Mercado Curbside em Troy O primeiro empreendimento mercantil em Troy foi iniciado na década de 1840 por James M. Thompson e Stephen D. Smiley, que administravam uma loja de mercadorias em geral. Seguiram-se uma mercearia e várias tabernas. Um ato do Congresso em 1842 estabeleceu Troy como um Correio Federal, e pelo menos duas estradas de correio serviam na época. A população de Troy era pequena na eclosão da Guerra Civil em abril de 1861, mas em 1863 John P. Amerine foi capaz de organizar homens suficientes para formar o quinquagésimo sétimo Regimento de Infantaria do Alabama na cidade. The Troy Messenger, um jornal diário, foi criado em 1866 e é um dos jornais mais antigos do estado.
  • Serviços educacionais e cuidados de saúde e assistência social (27,4 por cento)
  • Comércio varejista (16,0 por cento)
  • Fabricação (15,6 por cento)
  • Artes, entretenimento, recreação, acomodação e serviços de alimentação (10,3 por cento)
  • Serviços profissionais, científicos, de gestão e administrativos e de gestão de resíduos (6,5 por cento)
  • Administração pública (3,9 por cento)
  • Outros serviços, exceto administração pública (4,8 por cento)
  • Finanças, seguros e imóveis, aluguel e leasing (4,5 por cento)
  • Transporte e armazenamento e serviços públicos (3,4 por cento)
  • Construção (3,2 por cento)
  • Informação (1,7 por cento)
  • Agricultura, silvicultura, pesca e caça e extrativismo (1,5 por cento)
  • Comércio atacadista (1,2 por cento)
Troy University O Troy Public School System tem uma escola de segundo grau, uma de segundo grau, uma de primeiro grau e um centro de aprendizagem alternativo. O Centro Regional de Tecnologia de Troy-Pike oferece treinamento vocacional. Há também uma escola particular de ensino fundamental e médio. Troy também abriga a Troy University, uma instituição pública de ensino superior fundada em 1887 com campi em várias outras cidades do Alabama.

Pioneer Museum Smokehouse O Troy University Arboretum é um jardim botânico e reserva natural localizado próximo ao campus principal da Troy University. Inclui mais de 300 espécies diferentes de árvores, bem como uma trilha natural de 2,5 milhas com um pântano, riacho e lagoa. Outros locais de interesse incluem o Town Square Confederate Memorial Monument, o Johnson Center for the Arts, o Pioneer Museum of Alabama, o Pike County Lake Troy Recreation Center, o Bicentennial Park e o Trojan Oaks Golf Course. Troy é o anfitrião do TroyFest anual, realizado em homenagem ao artista local Jean T. Lake. Este festival, que celebra a arte e o artesanato, atrai cerca de 10.000 pessoas ao centro de Tróia.


O Institute for Leadership Development em um programa interdisciplinar que incentiva a liderança responsável e ética em todas as esferas da vida, contribuindo assim positivamente para a melhoria da sociedade. O instituto oferece cursos avançados e orientação para uma variedade de departamentos no campus e também realiza vários serviços públicos e seminários no interesse de cultivar líderes fora do campus da TSU.

Uma bela floresta exuberante de 75 hectares, o arboreto da universidade fica a apenas uma curta caminhada do campus. O arboreto está disponível para estudo ecológico, relaxamento e reflexão. Os alunos se beneficiam de uma experiência prática com programas de educação ambiental e com o Complexo Educacional de Recursos Florestais de 3.100 pés quadrados.


Tradições e história da Troy University

A postagem do blog desta semana é sobre algo mais perto de casa ... bem, minha casa.

Estou freqüentando a Troy University e descobri que Troy tem alguma história e tradições. A Troy University foi fundada em 26 de fevereiro de 1887 e se chamava Troy State Normal School, onde era um lugar onde os alunos estavam sendo treinados para serem professores nas escolas do Alabama.

Troy é naturalmente uma escola mais velha com muitas tradições que foram construídas ao longo dos anos e até mesmo alguns lugares “mal-assombrados”.

The Kissing Rock

Na quadra principal, há uma grande rocha amarela entre os edifícios McCartha e Bibb Graves que é chamada de The Kissing Rock. A tradição é que se um casal se posicionar sobre a rocha e se beijar, eles terão um relacionamento longo.

Em 1987, o The Palladium, o anuário da Troy University, até tirou uma foto de um casal fazendo um acordo de beijo e contando uma pequena história sobre seu amor.

Só espero que a rocha realmente funcione!

Curso de Vela

No lado norte do campus, há uma grande lagoa que já recebeu aulas de vela. Sim, no verão de 1938, Lake Lagoona era onde os alunos podiam aprender a velejar para obter uma nota.

Não tenho certeza de quanto tempo essa aula durou, mas tenho certeza de que seria popular hoje.

Biblioteca e Museu Rosa Parks

A Troy University possui campus em todo o mundo e, na verdade, existem três desses campi no Alabama. Há um campus em Phenix City, Montgomery e Dothan.

Perto do campus de Montgomery, há uma biblioteca e um museu dedicado a Rosa Parks. A Biblioteca e Museu Rosa Parks na verdade foi construída onde aconteceu o incidente de 1º de dezembro de 1955, quando Rosa Parks não cedeu seu lugar a um homem branco e foi presa por isso.

Sorority Hill

Vou falar sobre um lugar que até meio que me dá arrepios.

Não fica no campus principal, mas está localizado em Sorority Hill, na Elm Street. De acordo com um artigo do Tropolitan, o jornal da escola, The Alabama Baptist Children’s Home abrigou órfãos na Elm Street por décadas.

Há rumores de que algumas crianças morreram enquanto estavam no orfanato. Um dos rumores diz que uma criança foi morta em um banheiro do prédio conhecido como casa Phi Mu.

Placa Memorial Good Luck

Este me levou uma eternidade para tentar encontrar.

No refeitório recém-construído do campus, há uma placa dedicada a Foy Ingram Cummings. De acordo com o Tropolitan, Cummings era uma ex-professora do departamento de educação e psicologia e era amada pela equipe e pelos alunos que lecionava.

Na placa está o rosto de seus quatro netos com uma descrição que diz: “Seu amor eram seus filhos”.

Os rostos se tornaram um amuleto da sorte porque os alunos esfregavam o nariz no nariz das crianças para dar sorte.

A praga estava originalmente no Trojans Center, mas foi transferida para a Fonte Foy em 3 de outubro de 2015 e o desejo de boa sorte continua vivo.


História inicial (1909-1965) Editar

A Troy University formou um time de futebol continuamente desde 1946. Antes desse ano, o time foi escalado com muitas interrupções de 1909 a 1942. Oito anos foram pulados de 1913 a 1920 devido à falta de participação e posteriormente à Primeira Guerra Mundial, enquanto o Muro O Street Crash de 1929 impediu o time de jogar naquele ano.

O técnico George Penton liderou os Trojans Troy por duas temporadas, 1911 e 1912. Sob sua tutela, os Trojans completaram sua única temporada invicta, um recorde de 3-0.

Albert Elmore foi o treinador principal de 1931 a 1937. Um ex-aluno da University of Alabama, ele é creditado por mudar o nome do time para "Red Wave" (uma variação de "Crimson Tide" do Alabama). [3] Em sete anos no estado de Troy, cinco dos quais foram temporadas de vitórias, Elmore compilou um recorde de 35–30–3. [4]

Em 1947, Fred McCollum assumiu a posição de treinador principal na Troy State. De 1947 a 1950, ele compilou um recorde geral de 20 vitórias, 18 derrotas e três empates (20-18-3) com o Red Wave, que incluiu temporadas consecutivas de seis vitórias em 1948-1949. [4]

William Clipson foi técnico de futebol de 1955 a 1965. Seu recorde geral de 20-68 incluiu uma temporada de vitórias de 6-3 em 1964. Anteriormente, ele serviu como técnico de futebol na Troy High School de 1942 a 1951 e técnico de basquete no Florida Southern de 1952 a 1955.

Era Billy Atkins (1966-1971) Editar

Em 8 de janeiro de 1966, Billy Atkins foi nomeado o treinador principal do time de futebol americano Troy. [5] Em 1968, ele treinou o Troy State para o NAIA National Championship e foi nomeado o NAIA Coach of the Year. [5] Atkins terminou no Troy State com um recorde de 44–16–2 antes de sair em 1971. [5] Ele é o segundo treinador com mais vitórias na história do Troy, atrás apenas de Larry Blakeney. Atkins foi introduzido no Hall da Fama dos Esportes da Universidade de Troy em 2012.

Era Tom Jones (1972-1973) Editar

Tom Jones foi contratado como treinador principal do Troy State em 1972. [6] Ele serviu como treinador principal de futebol americano de 1972 a 1973, compilando um recorde de 11–7–2. Além de suas funções de treinador principal, Jones também atuou como Diretor Atlético da Universidade de Troy de 1972 a 1974.

Era Byrd Whigham (1974–1975) Editar

Byrd Whigham liderou o programa de futebol Troy Trojans por duas temporadas e suas equipes compilaram um recorde de 12–8 em suas duas temporadas. Whigham partiu após a temporada de 1975. [7]

Era Charlie Bradshaw (1976–1982) Editar

O ex-técnico do Kentucky Charlie Bradshaw deixou a aposentadoria em 1976 para aceitar o cargo de técnico do Trojans, [7] que se tornou o apelido da escola pouco tempo antes. Sob a tutela de Bradshaw, os Trojans compilaram um recorde de 41–27–2, que incluiu três temporadas de oito vitórias e um campeonato de conferência. [8] No entanto, uma campanha 3-7 em 1981 e uma temporada 2-8 em 1982 encerrou o mandato de Bradshaw no estado de Troy.

Era Chan Gailey (1983-1984) Editar

Em 1983, Chan Gailey assumiu as funções de treinador principal no Troy State, onde liderou os Trojans para um recorde de 12-1 em 1984 a caminho do campeonato da Divisão II. Gailey deixou o Troy State após duas temporadas para aceitar a posição de técnico de tight end e coordenador de times especiais no Denver Broncos da NFL. [9]

Era Rick Rhoades (1985–1987) Editar

Rick Rhoades, anteriormente o coordenador defensivo dos Trojans, foi o treinador principal no Troy State de 1985 a 1987. [10] Em 1987, ele liderou o time ao Campeonato de Futebol da Divisão II da NCAA. [10] Rhoades deixou o estado de Troy após três temporadas.

Era Robert Maddox (1988-1990) Editar

No Troy State, o técnico Robert Maddox herdou um time que na temporada anterior tinha ido 12-1-1, vencendo o Campeonato de Futebol da Divisão II da NCAA. Apesar disso, em 1988, o Troy State teve sua primeira temporada de derrotas desde 1982, indo por 4-6. Na temporada seguinte, a equipe mostrou pouca melhora, terminando com um recorde idêntico de 4-6. Em 1990, o Troy State melhorou ligeiramente para 5-5, e Maddox renunciou após uma vitória de 24-23 sobre o Nicholls State que terminou a temporada. [11]

Era de Larry Blakeney (1991–2014) Editar

Larry Blakeney se tornou o vigésimo técnico de futebol da Troy State University [12] em 3 de dezembro de 1990. O programa ainda era oficialmente um programa da Divisão II, mas já foi aprovado para a transição para a Divisão I-AA da NCAA na temporada seguinte. Ele assumiu um programa que ganhou dois campeonatos nacionais na década anterior, mas foram 13-17 nos 50 anos anteriores.

No primeiro ano completo na Divisão I-AA, os Troy State Trojans chegaram ao jogo da semifinal e terminaram em 12-1-1, 10-0-1 na temporada regular. Isso marcou a primeira temporada invicta, regular e completa do Troy State Trojans football e eles terminaram em primeiro lugar na pesquisa de final de temporada da Sports Network. Em 1995, a equipe melhorou esse recorde, terminando em 11-0 na temporada regular pela primeira temporada invicta e desamarrada da história. Durante as oito temporadas, a equipe foi membro do futebol I-AA, eles chegaram aos playoffs por sete temporadas, venceram o campeonato da Southland Conference três vezes e chegaram às semifinais duas vezes.

Troy State fez a transição para a Divisão I-A em 2001. Durante aquela temporada, eles derrotaram três escolas da Divisão I-A, incluindo sua primeira vitória sobre uma escola da associação BCS, Mississippi State. A transição faz de Blakeney um dos dois treinadores a levar um time de futebol da Divisão II para a I-A (o outro é Gene McDowell da UCF).

Em 2004, o primeiro ano de Troy na Conferência do Cinturão do Sol, Blakeney treinou sua equipe para uma das maiores vitórias da escola e da história do Cinturão do Sol depois de derrotar o então nº 17 do ranking do Missouri por 24–14 em casa, diante de um público nacional no ESPN2. Ele mais uma vez treinou sua equipe para a vitória sobre uma escola BCS em 2007 em casa, derrotando Oklahoma State 41-23 no ESPN2

Depois de perder o New Orleans Bowl de 2008 na prorrogação contra Southern Miss e perder o GMAC Bowl de 2010 na prorrogação dupla contra Central Michigan, Blakeney obteria sua segunda vitória no New Orleans Bowl de 2010, derrotando o Ohio por 48–21.

A ESPN reconheceu Blakeney como um dos 5 principais fechadores de recrutamento não AQ em 2009. [13]

O futebol da Troy University começou a jogar na Divisão IA da NCAA em 2001, tornou-se membro único do futebol da Sun Belt Conference em 2004 e ingressou nessa conferência para todos os outros esportes em 2005. O time de futebol Trojan fez sua primeira aparição em bowl game no Silicon Valley Football Classic em 30 de dezembro de 2004 na mesma temporada, mas perdeu para Northern Illinois por 34-21. Em 2006, Troy venceu a Conferência Sun Belt pela primeira vez depois de derrotar o Middle Tennessee de forma dramática no último jogo da temporada de 2006 em um jogo que agora é conhecido como "O Milagre em Murfreesboro". Como campeão da Sun Belt Conference de 2006, Troy jogou no New Orleans Bowl em 22 de dezembro de 2006 contra a Rice University, derrotando o Owls of Conference USA por uma pontuação de 41–17. A vitória do New Orleans Bowl foi a primeira vitória de Troy no bowl na história.

Sob a tutela de Blakeney, muitos zagueiros da Troy University quebraram recordes escolares e alguns recordes nacionais. De 2010 a 2013, Corey Robinson quebrou o recorde escolar de jardas de passes na carreira e está classificado em 11º na NCAA em jardas de passes em todos os tempos, com 13.477. Uma de suas performances mais memoráveis ​​veio no primeiro jogo de seu último ano, quando ele recuperou seu time de um déficit de 31-17 contra UAB para uma vitória de 34-31 OT, quebrando no processo o recorde de Steve Sarkisian de maior porcentagem de conclusão em um jogo com um mínimo de 30 tentativas. Robinson completou 30 de 32 tentativas para um novo recorde de 93,8%.

Após a formatura de Robinson, o novo quarterback do primeiro ano Brandon Silvers entrou em cena e estabeleceu outro recorde nacional em 2014. Durante a campanha de calouros de Silvers, ele quebrou o recorde da NCAA de Sam Bradford (Oklahoma) para porcentagem de conclusão por um calouro ao completar 70,5 por cento de seus passes ( 191 de 271) Bradford completou 69,5 por cento de suas tentativas em 2007.

Larry Blakeney se aposentou oficialmente no final da temporada de 2014. Ele liderou o programa a três títulos da Southland Football League e cinco títulos consecutivos da Sun Belt Conference, além de guiar os Trojans a sete jogos nos playoffs do FCS e quatro jogos do FBS bowl. Blakeney terminou com um recorde geral de 178-113-1 como treinador principal em Troy. Blakeney é o treinador mais vencedor da história da Troy University e é o quarto treinador universitário mais vencedor de todos os tempos no estado do Alabama, atrás apenas dos grandes Paul "Bear" Bryant, Cleveland L. Abbott e Ralph "Shug" Jordan. [14]

Era Neal Brown (2015–2018) Editar

O coordenador ofensivo de Kentucky Neal Brown, que serviu na mesma capacidade em Troy de 2008–2009, foi nomeado o treinador principal dos Trojans em novembro de 2014. [15] Em 2015, os Trojans de Brown registraram um recorde de 4-8. [16] Troy foi classificado pela primeira vez no top 25 da AP em 13 de novembro de 2016, eles se tornaram a primeira equipe da Sun Belt Conference a ser classificada no Top 25 e terminou o ano com um recorde de 10–3. [17] Troy encerrou a temporada de 2016 derrotando Ohio no Dollar General Bowl em Mobile, Alabama.

Na terceira temporada de Brown ao leme em 2017, ele levou Troy a um rápido início de 3-1 no início da temporada. No quinto jogo da temporada em 30 de setembro, Troy enfrentou o número 25 do LSU. Depois de liderar no terceiro quarto por um placar de 24-7, o LSU Tigers começou a se recuperar no 4º quarto marcando 14 pontos não respondidos e perdendo apenas 24-21 com menos de 30 segundos para o fim do jogo. LSU começou a mover a bola para baixo do campo antes de ter apenas 8 segundos restantes no relógio. A jogada seguinte acabou sendo uma interceptação para Troy, que selou a vitória frustrada. A vitória sobre a LSU acabou com a seqüência de vitórias consecutivas do Tigers em 46 jogos fora da conferência, que foi a mais longa seqüência desse tipo no país na época. Ironicamente, a última derrota em casa fora da conferência da LSU ocorreu em outra escola do Alabama, UAB 13-10, em 2000. Os Trojans acabariam ganhando o título do Cinturão do Sol após derrotar o Arkansas State em um thriller, 32-25. Depois, Troy enfrentou North Texas no New Orleans Bowl, com Troy derrotando o Mean Green por uma pontuação de 50-30. O recorde geral de 11-2 de Troy é o melhor final de temporada do programa desde que ingressou na FBS em 2001.

Após a temporada recorde de Troy em 2017, Brown levaria Troy a mais uma temporada de 10+ vitórias em 2018. Os Trojans começaram a temporada com uma estreia em casa contra o No. 22 Boise State, diante de uma multidão recorde do Veterans Memorial Stadium de 29.612. O Trojans não teve sucesso, perdendo por 20-56 para o Broncos, mas seguiria em uma seqüência de 5 vitórias consecutivas após a derrota. Durante a seqüência de 5 vitórias consecutivas, Troy repetiu o que tinha feito na temporada anterior, derrotando outro time de conferência de poder enquanto se aventurava em Lincoln, Nebraska e derrotando Nebraska por um placar de 24-19. No sexto jogo de Troy na temporada, o quarterback Kaleb Barker sofreu uma lesão no joelho que o manteve de fora pelo restante da temporada. Brown decidiu fazer de Sawyer Smith o novo quarterback titular de Troy depois disso. Após sofrer uma derrota para o Liberty, Brown liderou Troy em outra seqüência de quatro vitórias consecutivas, que incluiu uma vitória sobre o Sul do Alabama para ganhar o troféu de rivalidade Battle for the Belt. No último jogo da temporada regular, Troy enfrentaria o Appalachian State no Kidd Brewer Stadium no que acabou sendo o jogo decisivo para ver quem venceria a divisão leste do Cinturão do Sol. O Appalachian State sairia com uma vitória de 21-10 sobre o Troy, eliminando efetivamente o Troy da luta pelo campeonato do Cinturão do Sol. Troy terminou a temporada regular com um recorde geral de 9-3, 7-1 em jogos de conferência.

Ao receber um convite para o Dollar General Bowl 2018, os Trojans foram colocados contra o campeão da divisão leste da Conferência Mid-American, Buffalo, que foi 10-3 na temporada e foi considerado o favorito para ganhar o jogo do bowl. Buffalo apresentou futuros Draft Picks da NFL em QB Tyree Jackson, WR Anthony Johnson e LB Khalil Hodge. Apesar do que os criadores de chances estavam prevendo, Brown foi capaz de levar Troy à vitória sobre Buffalo por 42-32. A vitória garantiu a terceira temporada consecutiva de mais de 10 vitórias de Neal Brown e estabeleceu um novo recorde na história do futebol Troy como a primeira vez que Troy teve três temporadas consecutivas com 10 ou mais vitórias. Também marcou três vitórias consecutivas no bowl para Troy.

Após a temporada, West Virginia contratou Neal Brown como seu novo técnico.

Era Chip Lindsey (2019 - presente) Editar

Em 10 de janeiro de 2019, foi anunciado que Chip Lindsey se tornaria o 22º treinador principal de Troy. Anteriormente, ele estava na equipe do Kansas como coordenador ofensivo por menos de dois meses antes de ser contratado por Troy para ser seu treinador principal. Lindsey vem para Troy com experiência adicional como coordenadora ofensiva para Auburn, Arizona State e Southern Miss.

Campeonatos nacionais Editar

O programa ganhou o Campeonato Nacional NAIA de 1968 contra o Texas A & ampI (agora Texas A & ampM-Kingsville). Troy venceu o North Dakota State em 1984 para ganhar seu primeiro título nacional da Divisão II. Eles ganharam seu segundo título nacional da Divisão II em 1987, após derrotar o Portland State.

Temporada Divisão Treinador Registro Oponente Resultado
1968 NAIA Billy Atkins 11–1 Texas A & ampI C 43–35
1984 Divisão II da NCAA Chan Gailey 12–1 Estado da Dakota do Norte C 18–17
1987 Divisão II da NCAA Rick Rhoades 12–1 Portland State C 31–17

Edição de campeonatos de conferência

Troy ganhou 21 campeonatos de conferências, 15 definitivos e seis compartilhados. [18]: 180-187

Temporada Conferência Treinador Recorde Geral Registro da Conferência
1939 Conferência Intercolegial do Alabama Albert Choate 7–4 4–0
1941 Conferência Intercolegial do Alabama Albert Choate 5–4 3–0
1942 Conferência Intercolegial do Alabama Albert Choate 4–3 2–0
1967 Conferência Universitária do Alabama Billy Atkins 8–2 3–0
1968 Conferência Colegiada do Alabama Billy Atkins 11–1 3–0
1969 Conferência Colegiada do Alabama Billy Atkins 8–1–1 3–0
1971† Conferência do Golfo Sul Billy Atkins 6–3 5–1
1973 Conferência do Golfo Sul Tom Jones 7–2–1 6–2
1976 Conferência do Golfo Sul Charlie Bradshaw 8–1–1 7–1
1984 Conferência do Golfo Sul Chan Gailey 12–1 7–1
1986 Conferência do Golfo Sul Rick Rhoades 10–2 8–0
1987 Conferência do Golfo Sul Rick Rhoades 12–1–1 8–0
1996 Southland Conference Larry Blakeney 12–2 5–1
1999† Southland Conference Larry Blakeney 11–2 6–1
2000 Southland Conference Larry Blakeney 10–2 7–0
2006† Conferência Sun Belt Larry Blakeney 8–5 6–1
2007† Conferência Sun Belt Larry Blakeney 8–4 6–1
2008 Conferência Sun Belt Larry Blakeney 8–5 6–1
2009 Conferência Sun Belt Larry Blakeney 9–4 8–0
2010† Conferência Sun Belt Larry Blakeney 8–5 6–2
2017† Conferência Sun Belt Neal Brown 11–2 7–1

Campeonatos da divisão Editar

A Conferência do Cinturão do Sol começou a disputar as divisões em 2018, com Troy na Divisão Leste do Cinturão do Sol. Troy ganhou 1 campeonato divisionário.

Ano Divisão Treinador Recorde Geral Registro da Conferência Oponente Resultado CG
2018† Sun Belt East Neal Brown 9–3 7–1 N / A perdeu desempate para Appalachian State

Editar taças FBS

Desde que mudou para a FBS, Troy está 5–3 o tempo todo em jogos de bowl com a mais recente vitória de bowl dos Trojans em 2018. [ citação necessária ]

Temporada Treinador tigela Oponente Resultado
2004 Larry Blakeney Silicon Valley Football Classic Norte de Illinois L 21–34
2006 Larry Blakeney New Orleans Bowl Arroz C 41–17
2008 Larry Blakeney New Orleans Bowl Senhorita do Sul L 27-30
2009 Larry Blakeney GMAC Bowl Michigan Central L 41–44
2010 Larry Blakeney New Orleans Bowl Ohio C 48–21
2016 Neal Brown Dollar General Bowl Ohio C 28–23
2017 Neal Brown New Orleans Bowl Norte do texas C 50–30
2018 Neal Brown Dollar General Bowl Búfalo C 42–32

Edição dos playoffs do FCS

Troy made seven appearances in the I-AA/FCS playoffs from 1993 to 2000. They had a 5–7 record.

Ano Volta Opponent Resultado
1993 First Round
Quarterfinals
Semifinals
Stephen F. Austin
McNeese State
Marshall
W 42–20
W 35–28
eu 21–24
1994 First Round James Madison eu 26–45
1995 First Round Georgia Southern eu 21–24
1996 Quarterfinals
Semifinals
Murray State
Montana
W 31–3
eu 7–70
1998 First Round Florida A&M eu 17–27
1999 First Round
Quarterfinals
James Madison
Florida A&M
W 27–7
eu 10–17
2000 First Round Appalachian State eu 30–33

Division II playoffs Edit

Troy made three appearances in the NCAA Division II playoffs, winning the national championship twice.

Ano Volta Opponent Resultado
1984 First Round
Semifinals
Championship (Palm Bowl)
Central State
Towson State
North Dakota State
W 31–21
W 45–3
W 18–17
1986 First Round
Semifinals
Virginia Union
Dakota do Sul
W 31–7
eu 28–42
1987 First Round
Semifinals
Campeonato
Winston-Salem State
UCF
Portland State
W 45–14
W 31–10
W 31–17

NAIA playoffs Edit

In their time in the NAIA, the Trojans played once in the playoffs, having a record of 2-0, with one NAIA national championship.

Ano Volta Opponent Resultado
1968 Semifinals
Championship (Champion Bowl)
Willamette (OR)
Texas A&M-Kingsville
W 63–10
W 45–35

Other bowls Edit

When Troy was a member of the Alabama Intercollegiate Conference (which not affiliated with an athletic organization such as the NCAA), they played in the inaugural Paper Bowl in Pensacola, Florida in 1948.

Encontro Bowl Opponent Resultado
1948 Paper Bowl Jacksonville State L 0–19

Head coach list from the 2018 Media Guide. [19]

Coach Tenure Registro Pct.
Virgil McKinley 1909 1–0–2 .667
Dan Herren 1910 1–1–2 .500
George Penton 1911–1912 7–1–1 .833
J. W. Campbell 1921–1923 12–13–1 .481
Ross V. Ford 1924 2–1–4 .571
Otis Bynum 1925–1926 12–4–1 .735
Gladwin Gaumer 1927–1928 7–7 .500
No coach 1930 1–2 .333
Albert Elmore 1931–1937 33–25–4 .565
Albert Choate 1938–1942 25–26–1 .490
No coach 1943–1945 3–4 .429
Fred McCollum 1947–1950 21–17–3 .549
Jim Grantham 1951–1954 11–23–1 .329
William Clipson 1955–1965 26–68 .277
Billy Atkins 1966–1971 44–16–2 .726
Tom Jones 1972–1973 11–7–2 .600
Byrd Whigham 1974–1975 12–8 .600
Charlie Bradshaw 1976–1982 40–27–2 .594
Chan Gailey 1983–1984 19–5 .792
Rick Rhoades 1985–1987 28–7–1 .792
Robert Maddox 1988–1990 13–17 .433
Larry Blakeney 1990–2014 178–113–1 .611
Neal Brown 2015–2018 35–16 .686
Chip Lindsey 2019 - presente 9-10 .474

South Alabama Edit

Troy has an annual intra-conference rivalry with in-state foe South Alabama, known as the Battle for the Belt. The two schools first met on the gridiron in 2012, and have played every year since. Even though both schools are in separate divisions in the Sun Belt Conference, they have a protected rivalry and play each other annually. The rivalry is tied 3-3.

UAB Edit

Troy and UAB have met a total of 12 times. Both teams met fairly consistently until the shuttering of UAB's football program in 2014. UAB has since resurrected their football program. The teams are scheduled to renew their rivalry in 2028. Troy holds the series lead, 7-5.

Middle Tennessee Edit

Troy's rivalry with Middle Tennessee, now dormant following Middle Tennessee's 2013 move to Conference USA, is known as the Battle for the Palladium. Troy and Middle Tennessee first played each other in 1936, but it wasn't until 2003 that the schools started playing annually for the Palladium Trophy.

Jacksonville State Edit

When Troy was a member of Division I-AA in football, they played Jacksonville State almost annually in the Battle for the Ol' School Bell rivalry. The idea for a school bell trophy stemmed from the two schools' common origins as teachers' colleges from the late 1800s to the 1930s. The last meeting between Troy and Jacksonville State was in 2001, with Troy (then known as Troy State) winning 21–3.

Larry Blakeney Field at Veterans Memorial Stadium is nicknamed "The Vet" and has a seating capacity of 30,000. The stadium was originally dedicated to the Troy State Teachers College students and Pike County residents who had died in World War II. The stadium solely consisted of a small, 5,000-seat grandstand on the west side of a running track, and was built into the natural slope of the ground. It was expanded several times, including the addition of upper deck in 1998 that brought capacity up to 17,500, until receiving a large addition of seating in 2003 which expanded the capacity of the stadium to 30,000. After the addition of the north endzone facility in 2018, the capacity once again expanded to 30,402.

The north endzone facility at the stadium is the largest featured endzone facility in the Sun Belt Conference and features a 3,150 sq.ft. Daktronics 15HD video board, which is also the largest in the conference, and the 6th largest among Group of Five schools.

Trojan Walk Edit

Before each Troy home football game, hundreds of Troy fans and students line University Avenue on campus to cheer on the team as they march with the Sound of the South band and cheerleaders from the Quad to Tailgate Terrace, surrounded by fans who pat them on the back and shake their hands as they walk toward Veterans Memorial Stadium.

Band Show on University Edit

Before each home game, the Sound of the South marching band performs a pre-game show on University Avenue in between all of the tailgating areas before the Trojan Walk begins.

Trojan Fanfare Edit

During the pre-game show at Veterans Memorial Stadium, the Sound of the South will perform what is known as the "Trojan Fanfare." The band will line up around the concourse of the stadium, from the east side, to the south side, to the west side, and begin to play the "Trojan Fanfare". They later run down the steps around the stadium toward the field, and get into formation on the field to begin pregame. It is a favorite among most fans and energizes the fanbase leading up to kickoff.

"Havoc!" Editar

One of the more popular traditions of gameday, during the pre-game show the band marches onto the field to prepare for the football team to run out of the gates. The band falls silent, and the announcer then recites the phrase from William Shakespeare's Júlio César. Fans in the stadium will yell out "Havoc!" in unison along with the announcer before the last line of the phrase:

And so, with mighty warriors clad in strongest armor
and well prepared to receive the lot dealt by fate
the contest is at hand.
And the commander's spirit, ranging for revenge
shall in a monarch's voice cry, 'Havoc!'
and let slip the dogs of war.

The phrase "Havoc!" is also used as a motto or battle cry among Trojan fans.

Post-game Celebration & Band Show Edit

After Troy wins a home game, the players will go to the corner of the stadium where the Sound of the South marching band is and will sing the fight song, alma mater, and sometimes do chants with them.

There is also a post-game band show after every home football game, where the Sound of the South marching band sets up to perform on the football field in the south endzone, and performs a final show for all remaining fans still in attendance.

Trojan Warrior Edit

Before every game and after every touchdown, the Trojan Warrior or Trojan Princess would blaze down the football field on a horse named "Big Red." This tradition is no longer used because the football field turf was changed from grass to artificial grass.

FBS Edit

Since 2001 when Troy joined the FBS, the Trojans have not finished a season ranked in the Top 25.

Troy spent one week ranked in the AP Poll in 2016, debuting at No. 25 after defeating Appalachian State and having a record of 8-1. Troy is the first football program in the Sun Belt Conference's history to be ranked in the Top 25 in either the AP Poll or the Coaches' Poll.


Conteúdo

The campus has its roots in extension courses offered at Maxwell Air Force Base in Montgomery during the 1950s. A separate Troy State College teaching center was established at Maxwell in 1965, which led to the creation of the present-day Montgomery Campus. In 1982, the Montgomery and Dothan campuses were granted independent accreditation, and the Troy State University System was formed. In April 2004, "State" was dropped from the University's name to reflect the institution's new, broader focus. In August 2005, all Troy campuses were reunified under one accreditation.

For several years in a row, the Princeton Review named the university to its "Best in the Southeast" list due to excellence in academic programs and institutional data collected from the university. [2]

In 2017, the U.S. News & amp World Report ranked the university as the #14 Most Innovative School, as well as the #27-ranked Top Public School among South regional universities.

Structure Edit

Troy University at Montgomery offers 3 associate degree programs, 15 bachelor's degree programs, 10 master's degree programs, and one doctoral program. The school also offers 2 education specialist programs. In addition to the nontraditional programs and courses offered on the Montgomery Campus, students are also given access to all the degree programs and courses offered at other Troy University campuses.

All degree programs can also work in conjunction with Troy University's other campuses, allowing students to take additional classes at different Troy campuses at the same time if necessary.

Classes Edit

The majority of the classes offered on the Montgomery campus are evening classes. All of the degrees offered by the campus can be completed entirely through evening classes. There are also classes offered online through in conjunction with military students at Maxwell Air Force Base. Additional weekend, television, and online courses are also available.

Schools/Colleges Edit

The university is composed of five academic colleges, a graduate school, and a division of general studies:

  • College of Arts & Sciences
  • College of Education
  • College of Communications & Fine Arts
  • Sorrell College of Business
  • College of Heath & Human Services
  • The Graduate School
  • Division of General Studies

Since 1950, Troy University has been proud to work with military service members, veterans and their families as they pursue advanced education under the G.I. Bill, the Tuition Assistance Program, the MyCAA initiative, private funding and other financing options. Troy University is an educational partner with the U.S. Army, Navy, Air Force, Marine Corps and Coast Guard, providing military-specific scholarships and TROY for Troops support centers to military-affiliated students and veterans. The University proudly counts some 60 flag officers among the ranks of its alumni, has a presence on or near over 30 military installations worldwide and participates in online learning programs with all service branches. For generations, Troy University has understood the needs of the military student and has built a military inclusive institution offering a broad range of high quality, very affordable undergraduate and graduate academic programs supported by outstanding student services.

Troy currently offers an educational support site for military personnel at nearby Maxwell Air Force Base.


Troy University - History

Troy Bickham is a Professor of History. Having joined Texas A&M in 2003, he served in various roles at the university’s campus in Qatar from 2009-19, before returning to the Department of History. He teaches broadly in the histories of Britain and its empire, the Atlantic world, and British colonial North America during the seventeenth and eighteenth centuries. He is an elected Fellow of the Royal Historical Society.

Bickham has written on a variety of topics and published in multiple leading journals, including Past & Past Present, Journal of British Studies, Eighteenth-Century Studies, e as William and Mary Quarterly. He is the author of four monographs: Savages within the Empire (2005), which explores how encounters with Native Americans affected British culture in the eighteenth century Making Headlines (2008), which examines British engagement with the American Revolution via the British newspaper press and The Weight of Vengeance (2012), which is a transatlantic study of the Anglo-American War of 1812. His most recent book, Eating the Empire (2020), investigates how food from around the world shaped British culture in the eighteenth century. His current research projects include a cultural history of the maple tree and mapping the public communications networks of early modern Britain and its empire.

Publicações

Eating the Empire: Food and Society in Eighteenth-Century Britain

The Weight of Vengeance: The United States, the British Empire and the War of 1812

Making Headlines: The American Revolution as Seen Through the British Press


SIGNIFICANT EVENTS OF JEFFERSON'S AND MADISON'S PRESIDENCIES.

SIGNIFICANT EVENTS OF JEFFERSON'S PRESIDENCY

I. The Way He Was Elected in 1800
II. Midnight Judges Issue
III. Tripolitan War
IV. Louisiana Purchase, 1803
V. Lewis and Clark Expedition, 1804-1805
VI. Hamilton and Burr Duel, July 1, 1804
VII. War Between Britain and France
A. Went to war in 1803
B. Both warned U.S. not to ship arms to the other and both will attempt to stop the U.S. and
other countries from trading with the other. THE U.S. SEES THIS AS A VIOLATION OF
OUR NEUTRAL RIGHTS. The U.S. should be free to trade with whomever they want.
C. In 1806, Britain started stopping U.S. ships to inspect for arms and deserters
D. Found some deserters but also took some American sailors
E. Impressed these sailors into the British navy (Impressment)
F. Jefferson convinced Congress to pass laws to stop the U.S. from importing certain British-
made goods.
G. Tensions increased after the Chesapeake-Leopard incident, June, 1807.
uma. HMS Leopard stopped the USS Chesapeake at the mouth of the Chesapeake Bay which is
in U.S. waters.
b. Demanded to search the Chesapeake for deserters and the captain refused.
c. Leopard opened fire, killing 3 and wounded 18
d. Captain of Chesapeake surrendered and British boarded the ship
e. Americans demand war against Britain
f. President Jefferson, to avoid war because the Navy and Army were weak, proposed a
policy of "peaceful coercion" and demanded that the British stop impressment. Grã-Bretanha
would not.
g. Jefferson's response was the EMBARGO ACT of 1807.

VIII. EMBARGO ACT
A.Is "OGRABME" spelled backwards. A newspaper cartoon called the embargo the
OGRABME and portrayed it as a snapping turtle.
B. The Embargo Act prohibited ALL international trade America.
C. Was a disaster for the U.S. economy
D. Splits Republican Party revived the Federalist Party
E. Congress repealed it on March 1, 1809 and passed the Non-intercourse Act allowing
American merchants to trade with anyone except Britain and France. The U.S. announced
that if either Britain or France would stop violating America's neutral rights, the U.S.
would begin trade with that country.
F. WAS JEFFERSON'S WORST MISTAKE AS PRESIDENT

IX. ELECTION OF 1808
A. James Madison, Republican, elected over the Federalist, Charles Pinckney by a narrow
margin of 47 electoral votes.


SIGNIFICANT EVENTS OF JAMES MADISON'S PRESIDENCY

I. INDIAN TROUBLES IN THE WEST
As Americans moved westward, Indian lands continued to be taken. In the Northwest, TECUMSEH, a Shawnee Indian chief attempted to organize the southern and northern tribes to stop further takeover of their lands. In 1811, WILIAM HENRY HARRISON, governor of the Indiana Territory, attacked the Indians at TIPPECANOE RIVER and defeated Tecumseh and stopped Tecumseh's efforts. This made Harrison a hero.

II. WAR HAWKS
In the Congressional elections of 1810, some young Republicans were elected from the South, primarily because they supported war with Britain and Spain. They will become known as WAR HAWKS because of this, and two that are most notable are HENRY CLAY of Kentucky and JOHN C. CALHOUN of South Carolina. They want the U.S. to take Canada and Spanish Florida. Farmers supported this.

III. ELECTION OF 1812
Madison re-elected over the Federalist candidate, DeWitt Clinton. Some Republicans helped the Federalists in the North and almost defeated Madison. Madison carried the South and West. This shows that the Republican Party was divided, most of this over whether to go to war with Britain or not.


Championships

Troy has won 20 total conference championships to go along with 3 national championships. The program won the 1968 NAIA National Championship against Texas A&I (now Texas A&M-Kingsville). Troy beat North Dakota State in 1984 to win their first Division II national title. They won their second Division II national title in 1987 after defeating Portland State.

Conference Ano Overall Record Coach
Alabama Intercollegiate Conference 1939 7–4–0 Albert Choate
1941 5–4–0
1942 4–3–0
1967 8–2–0 Billy Atkins
1968 11–1–0
1969 8–1–1
Mid-South Athletic Conference 1971 6–3–0
Gulf South Conference 1973 7–2–1 Tom Jones
1976 8–1–1 Charlie Bradshaw
1984 ^ 12–1–0 Chan Gailey
1986 10–2–0 Rick Rhoades
1987 ^ 12–1–1
Southland Conference 1996 12–2 Larry Blakeney
1999 11–2
2000 10–2
Sun Belt Conference 2006 8–5
2007 8–4
2008 8–5
2009 9–4
2010 8–5

Audacioso indicates national championship.
† Denotes NAIA National Championship.
^ Denotes NCAA Division II National Championship.


Assista o vídeo: Dorm Tour-Troy University Trojan Village (Novembro 2021).