Podcasts de história

26 de novembro de 1942

26 de novembro de 1942

26 de novembro de 1942

Novembro

1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930
> Dezembro

Pacífico

William "Bull" Halsey é promovido a almirante pleno



FDR estabelece feriado moderno de Ação de Graças

O presidente Franklin D. Roosevelt assina um projeto de lei estabelecendo oficialmente a quarta quinta-feira de novembro como o Dia de Ação de Graças.

A tradição de celebrar o feriado na quinta-feira remonta ao início da história das colônias de Plymouth e da Baía de Massachusetts, quando os feriados pós-colheita eram celebrados nos dias da semana regularmente reservados como & # x201Dia de aula & # x201D uma reunião da igreja no meio da semana onde sermões foram apresentados. A famosa comemoração do Dia de Ação de Graças ocorreu no outono de 1621, quando o governador de Plymouth, William Bradford, convidou membros locais da tribo Wampanoag para se juntar aos peregrinos em um festival realizado em gratidão pela generosidade da temporada.

O Dia de Ação de Graças se tornou um costume anual em toda a Nova Inglaterra no século 17 e, em 1777, o Congresso Continental declarou o primeiro Dia de Ação de Graças nacional americano após a vitória dos Patriotas em Saratoga. Em 1789, o presidente George Washington se tornou o primeiro presidente a proclamar um feriado de Ação de Graças, quando, a pedido do Congresso, ele proclamou 26 de novembro, uma quinta-feira, como um dia de ação de graças nacional pela Constituição dos EUA. No entanto, não foi até 1863, quando o presidente Abraham Lincoln declarou oficialmente o feriado de Ação de Graças na última quinta-feira de novembro, que o feriado moderno foi celebrado nacionalmente.

Com alguns desvios, o precedente de Lincoln & # x2019s foi seguido anualmente por todos os presidentes subsequentes & # x2014 até 1939. Em 1939, Franklin D. Roosevelt abandonou a tradição ao declarar 23 de novembro, a próxima quinta-feira daquele ano, como Dia de Ação de Graças. Uma controvérsia considerável cercou esse desvio, e alguns americanos se recusaram a honrar a declaração de Roosevelt & # x2019. Pelos próximos dois anos, Roosevelt repetiu a proclamação impopular, mas em 26 de novembro de 1941, ele admitiu seu erro e assinou um projeto de lei oficialmente tornando a quarta quinta-feira de novembro o feriado nacional do Dia de Ação de Graças.


Este dia na história de Norwood - 26 de novembro

DEDHAM. 26 de novembro - Underdog Dedham High subiu às alturas hoje e superou o time invicto de Norwood High em um jogo que terminou em empate sem gols para 6.000 fãs.

Os Céus tiveram a vitória negada apenas pela arma do cronômetro. Depois de duas linhas poderosas se chocarem por 47 minutos, Frank Scafati entrou em ação e dois passes levaram a bola para a linha de seis polegadas de Norwood por ^ uma primeira descida quando o jogo terminou.

Pegando a bola de Norwood depois de parar o difícil Ray Martin nas profundezas do território de Dedham, o Crimson and Grey trouxe a equipe para seus pés com seu avanço de quase um touchdown. Com a bola em seu próprio 29, o Dedham onze ganhou vida quando Frank Scafati, em um spinner, caiu por 11 jardas. O Capitão Al Aylward então deu a volta na extremidade para uma primeira descida no Norwood 42.

Depois que dois mergulhos na linha falharam, Scafati lançou um passe para Don Nay, que saltou no ar e puxou para baixo na linha de 17 jardas. Scafati tentou um passe longo para a zona final, mas foi derrubado e quando o cronômetro levantou sua arma, Scafati encontrou Bill Williams solto e lançou um passe em seus braços enquanto se dirigia para o canto do caixão. Williams foi impedido na linha de seis polegadas quando o jogo terminou.

Nos primeiros três períodos, nenhuma equipe conseguiu produzir uma ofensiva sustentada. Dedham atrapalhou-se com a bola escorregadia em várias ocasiões e as costas não conseguiram manter os pés na relva molhada. O capitão Al Aylward de Dedham e o co-capitão Ray Martin travaram um duelo de chutes enquanto as equipes esperavam por uma pausa.

No terceiro período, Norwood desistiu de uma ofensiva de Dedham que parecia prestes a dar frutos quando Ray Martin, alcançando o ar por conta própria 20. pegou um passe no ar e começou o que parecia ser uma corrida de touchdown. Ao chegar ao meio-campo, ele foi interrompido pelo Capitão Aylward e, enquanto procurava por um de seus companheiros de equipe para o lateral da bola, foi cortado no 42. Martin e Lukawecki então rebateram a primeira para o Dedham 25, mas aqui a parede avançada de Dedham subiu para a ocasião e levou a bola para longe em descidas. Aylward chutou um comprido pelo campo, fora de perigo.

O período final encontrou as equipes novamente balançando para frente e para trás no meio-campo, com Norwood obtendo uma folga perto do final do período, quando Aylward chutou mal, a bola saiu de jogo nos 37 de Norwood. Martin, em um spinner, quebrou a linha de Dedham para seis jardas, mas em mais três rebatidas na linha, ele foi detido e Dedham assumiu na linha de 29 jardas, iniciando seu ataque, que ficou aquém por quinze centímetros. O sumário.

DEDHAM HIGH — MacAleese. Collins, le Murphy. Geary. É Davis. 1g Robinion. Querida, C. Overko. rg Blakney. Haynes, rt. Não. re Williams, ob Scafati McLeish. Ihb: Aylward-rhb Ray. fb.

NORWOOD HIGH Billingham. re Costello, rt Valma. rg Venterosa. c Coyne. Polovitch, 1g Cistenelli. Ele: Perednia. le McGuff. qb Praino, rhh Lukawecki. Ihb Martin. Tamulonis. fb.

Juiz. Kilroy. Árbitro. Nyland. Linesman. Clark. Juiz de campo, Vachon. Tune, quatro períodos de 12m.

O time invicto de H. Bennett Murray era um leve favorito antes do jogo, mas no intervalo os guerreiros Dedham de Jack Heaphy haviam reduzido as chances para igualar o dinheiro - as estatísticas mostravam que eles lutaram de forma bastante equilibrada com Dedham fazendo sete primeiras derrotas contra cinco de Norwood - Norwood acertou eliminou três primeiras derrotas na primeira metade para dois para Dedham e cada um deles teve um no terceiro período, mas no período final Dedham teve quatro a um do visitante.

O tackle mais difícil do jogo no período de abertura, quando Aylwird chutou para Lukawecki, que evitou vários tacklers de Dedham e estava a caminho de um bom ganho quando Aylward veio a toda velocidade e jogou o Norwood de volta com um tackle que fez Lukawecki voar 3 metros pelo ar. Tappy Venterosa. Centro de Norwood, foi o primeiro homem a exigir atenção ...

seu fôlego foi interrompido no segundo período ... no terceiro
período Frank Scafati de Dedham teve que ser retirado do jogo por alguns minutos para descansar após receber um golpe na cabeça. Don Nay e Don Blakney eram espinhos nas costas de Norwood.

Hez Tucker, ex-grande da Dedham High, administrou as apostas para o juiz de linha de maneira experiente. . entre as metades, a reunião foi aquecida pelas ações dos líderes de torcida de pernas nuas e saia curta de ambas as escolas, que compensaram a falta de roupas com a energia que colocaram em seu trabalho ... uma das favoritas da multidão era a canção, “Louvado seja o Senhor e Passe a Munição”, mas nenhuma munição foi produzida por nenhum dos times, ambas as escolas protegeram seus instrumentos de banda e os bancos não apareceram até o terceiro período e nessa altura eles haviam perdido sua posição e tiveram que fazer uma serenata a multidão de lugares próximos às arquibancadas.


Neste dia: 26 de novembro

Em 26 de novembro de 1942, o presidente Roosevelt ordenou o racionamento de gasolina em todo o país, começando em 1º de dezembro.

Em 26 de novembro de 1922, nasceu Charles Schulz, cartunista americano e criador da história em quadrinhos & quotPeanuts & quot. Após sua morte em 12 de fevereiro de 2000, seu obituário foi publicado no The Times.

Em 26 de novembro de 1950, a China entrou na Guerra da Coréia, lançando uma contra-ofensiva contra soldados das Nações Unidas, dos Estados Unidos e da Coréia do Sul.

Nesta data

1789 Um dia de ação de graças foi reservado pelo presidente George Washington para observar a adoção da Constituição dos Estados Unidos.
1825 A primeira fraternidade social da faculdade, Kappa Alpha, foi formada no Union College em Schenectady, N.Y.
1832 O serviço de bonde público começou na cidade de Nova York.
1940 O meio milhão de judeus de Varsóvia, Polônia, foram forçados pelos nazistas a viver dentro de um gueto cercado por muros.
1942 & quotCasablanca, & quot, estrelado por Humphrey Bogart e Ingrid Bergman, teve sua estreia mundial no Hollywood Theatre em Nova York.
1942 O presidente Franklin D. Roosevelt ordenou o racionamento de gasolina em todo o país.
1949 A Índia adotou uma constituição como república dentro da Comunidade Britânica.
1973 A secretária pessoal do presidente Richard Nixon, Rose Mary Woods, disse a um tribunal federal que ela acidentalmente causou parte do intervalo de 18 1/2 minutos em uma fita importante de Watergate.
1975 Um júri federal considerou Lynette & quotSqueaky & quot Fromme, uma seguidora de Charles Manson, culpada de tentar assassinar o presidente Gerald R. Ford.
1992 A Grã-Bretanha anunciou que a rainha Elizabeth II se ofereceu para começar a pagar impostos sobre sua renda pessoal e tiraria seus filhos da folha de pagamento pública.
2000 A secretária de Estado da Flórida, Katherine Harris, certificou o republicano George W. Bush como vencedor sobre o democrata Al Gore na votação presidencial do estado por 537 votos.
2008 Terroristas lançaram ataques em forma de comando contra dois hotéis de luxo, um centro judeu e uma estação de trem lotada em Mumbai, Índia, matando 166 pessoas.
2009 Uma investigação ordenada pelo governo da Irlanda descobriu que os líderes da Igreja Católica Romana em Dublin passaram décadas protegendo da lei os padres que abusavam de crianças e que a maioria dos clérigos fez vista grossa.
2010 Mohamed Osman Mohamud, de 19 anos, nascido na Somália, foi preso por agentes federais durante uma armação em Portland, Oregon, acusado de planejar detonar uma van de explosivos durante a cerimônia de acendimento da árvore de Natal.

Aniversários históricos

Charles Schulz 11/26/1922 - 2/12/2000 Cartunista americano e criador da história em quadrinhos & quotPeanuts & quotGo to obituary & # xBB

26 de novembro de 1942 e # 8211 Moshe Flinker

Moshe Flinker tinha 16 anos quando começou a escrever seu diário. Como cidadão holandês, ele já vivia sob ocupação alemã há mais de dois anos, mas no final de 1942 o perigo que os judeus enfrentavam estava aumentando. Moshe e sua família acreditavam que logo seriam deportados para o leste, então começaram a procurar uma maneira de escapar da Holanda. O pai de Moshe encontrou uma maneira de levar sua família através da fronteira para a Bélgica, onde ele esperava que eles estivessem mais seguros. No início, ninguém sabia que eles eram judeus. Às vezes, Moshe até ousava sair para a rua sem sua estrela judia. No entanto, esse não era um segredo que eles pudessem guardar por muito tempo. Logo eles estavam vivendo com todas as restrições que se aplicavam aos judeus na Holanda.

POR QUE OS JUDEUS ESTÃO SOFRENDO?

Moshe odiava o fato de não poder ir para a escola ou trabalhar. Uma das razões pelas quais ele começou a escrever foi para evitar a ociosidade. Sua primeira entrada no diário em 24 de novembro de 1942 contava a história da fuga de sua família para Bruxelas e as circunstâncias da vida nesta nova cidade. No momento em que ele fez sua próxima entrada, dois dias depois, sua atenção começou a se voltar para pensamentos mais profundos. O tema principal do diário de Moshe foi sua tentativa de entender as razões pelas quais os judeus estavam experimentando tanto sofrimento e perseguição. Ele era um jovem profundamente religioso e buscou uma explicação que encaixasse suas experiências em um plano maior e significativo que estava nas mãos do Senhor. Ele lutou com esse conceito e não conseguiu encontrar uma solução significativa. Ele escreveu: “Estamos em uma situação muito ruim. Nossos sofrimentos excederam em muito nossos erros. Que outro propósito o Senhor poderia ter ao permitir que tais coisas nos aconteçam? Tenho certeza de que mais problemas não trarão nenhum judeu de volta aos caminhos da justiça ... e, de fato, o que Deus pode querer com todas essas calamidades que estão acontecendo conosco neste período terrível? ”

“Nossos sofrimentos excederam em muito nossos erros.”

Moshe não estava sozinho em sua angústia mental e emocional. Muitas pessoas, então e agora, têm problemas com a ideia de que o sofrimento nem sempre é motivado por um propósito redentor. No caso do Holocausto, a principal causa da perseguição parece ter sido o preconceito injustificável, o ódio e a falsa ideologia dos nazistas.

Trechos do diário de Moshe Flinker foram publicados em um livro intitulado, Páginas resgatadas: Diários de jovens escritores do Holocausto por Alexandra Zapruder.

Leia mais sobre como o Holocausto impactou os judeus na Bélgica.

851 N. Maitland Avenue,
Maitland FL, 32751

Horário do museu:
Domingo: meio-dia - 16h
Seg. & # 8211 Qui: 10h - 16h
Sexta-feira: 10h e # 8211 13h
Sábado: Fechado


Casablanca estreia nos cinemas neste dia da história! 26 de novembro de 1942

Se você é novo aqui, pode se inscrever para receber meus alertas de e-mail gratuitos. Obrigado pela visita!

“UM DRAMA QUE LEVA VOCÊ PARA FORA DO SEU ASSENTO”

por LCDR Walter Francis Fitzpatrick, III (aposentado), © 2016, blogando no The Jaghunter

(Cortesia da MGM e Turner Entertainment)

(26 de novembro de 2016) - JAG HUNTER aqui:

Apenas dezoito dias após o início da OPERAÇÃO TORCH, após o que meu pai - Médico da Marinha, Tenente Walter Francis Fitzpatrick, Jr. e seus companheiros em USS COLE (DD - 155) sobreviveram a um ataque anfíbio suicida na cidade francesa marroquina de Safi, o filme CASABLANCA espirrou na tela prateada pela primeira vez. lançamento de casablanca

CASABLANCA , que foi lançado vários meses antes de seu lançamento originalmente planejado em 1943, estreado na cidade de Nova York no Dia de Ação de Graças, [26 de novembro] de 1942. O repórter de Hollywood delirou: "Aqui está um drama que levanta você da cadeira." O jornal New York Times chamou de ‘muito divertido e inspirador ... uma imagem que faz a espinha formigar e o coração pular’.

“Tão próximo e querido ao coração quanto CASABLANCA é hoje, o público em 42 teve uma perspectiva especialmente única. O mundo estava envolvido em um conflito desesperado enquanto o regime nazista espalhava seu veneno selvagem por toda a Europa, e os eventos na tela refletiam os eventos no cenário global. Como Variedade observou: 'Por curioso capricho da fortuna, a história pegou esta imagem em um pano de fundo do Marrocos francês, e sua atualidade garante uma grande recepção de bilheteria. Apenas alguns dias atrás, o interesse mundial repousou na cidade de Casablanca, com o desembarque das forças aliadas lá e a simples menção do nome ainda excita a imaginação. '”


Batalha de Brisbane

Nossos editores irão revisar o que você enviou e determinar se o artigo deve ser revisado.

Batalha de Brisbane, (26–27 de novembro de 1942), duas noites de tumultos em Brisbane, a capital e principal cidade de Queensland, Austrália, entre australianos e militares americanos estacionados lá durante a Segunda Guerra Mundial.

Poucos dias depois do ataque japonês a Pearl Harbor, os planejadores militares dos EUA começaram a examinar a possibilidade de prosseguir na guerra contra o Japão a partir de uma base no sudoeste do Pacífico. Em 14 de dezembro de 1941, o Brig. O general Dwight D. Eisenhower propôs a construção de uma instalação militar na Austrália, e esse plano foi aprovado três dias depois pelo chefe do Estado-Maior do Exército dos EUA, George Marshall. Em 22 de dezembro, um comboio liderado pelo USS Pensacola desembarcaram mais de 4.000 soldados em Hamilton Wharf, em Brisbane. Quase um milhão de soldados americanos passariam pela Austrália entre 1941 e 1945, cerca de 80.000 dos quais estavam estacionados em Brisbane no auge da guerra. A população de Brisbane em dezembro de 1940 foi estimada em 335.000, a presença americana na cidade teria um impacto demográfico significativo. Inicialmente, as tropas americanas foram saudadas calorosamente. De fato, muitas tropas afro-americanas relataram que, ao longo de seu desdobramento na Austrália, receberam melhor tratamento dos australianos do que de seus compatriotas.

Em março de 1942, o general dos EUA Douglas MacArthur foi enviado das Filipinas para a Austrália. No mês seguinte, foi nomeado comandante de todas as forças aliadas no teatro do Sudoeste do Pacífico e, em julho, mudou seu quartel-general de Melbourne para Brisbane. A primeira grande operação de MacArthur como comandante supremo foi a defesa da Nova Guiné depois que uma força de invasão japonesa ameaçou Port Moresby. Sob condições extremamente duras e sem as provisões mais básicas, as tropas australianas em número maior sob o general Sir Sydney Rowell lutaram corajosamente, interrompendo o avanço japonês a cerca de 32 milhas (50 km) de Port Moresby. MacArthur não fez segredo de sua crença de que faltava espírito às tropas australianas e, em setembro de 1942, ordenou que Rowell fosse afastado do comando. A ação gerou ressentimento generalizado contra MacArthur entre as forças australianas, uma opinião que não diminuiria com o tempo.

Em Brisbane, as tensões começaram a aumentar entre as tropas americanas e civis e militares australianos. As Batalhas de Midway (3 a 6 de junho de 1942) e Guadalcanal (iniciadas em 7 de agosto de 1942) tinham efetivamente impedido o avanço do Japão no Pacífico, e Queensland não estava mais sob ameaça de invasão japonesa. Muitos ecoaram um sentimento expresso pelos londrinos durante a "ocupação" americana da Grã-Bretanha - os soldados americanos eram "pagos em excesso, tinham sexo em excesso e estavam aqui". Os recrutas americanos recebiam o dobro de seus homólogos australianos, e os uniformes de gala dos alistados americanos eram mais elegantes do que os dos oficiais australianos. Além disso, o pessoal dos EUA tinha acesso exclusivo à bem abastecida cantina American PX (Postal Exchange) no distrito central de negócios de Brisbane. A American PX vendia cigarros, álcool, chocolate e outros itens de luxo muito racionados, proibitivamente caros ou simplesmente indisponíveis para os australianos. As gritantes desigualdades entre as duas forças armadas desafiaram fundamentalmente o conceito de “companheirismo” - um vínculo igualitário de respeito mútuo e lealdade inquestionável que serviu como etos central para as tropas do ANZAC (Corpo do Exército da Austrália e da Nova Zelândia).

A Batalha de Brisbane começou por volta das 19h00 na noite do que estava sendo comemorado como o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos. Dado o sentimento geral de ressentimento em relação aos americanos, é irônico que a confusão em massa tenha sido deflagrada quando um grupo de soldados australianos tentou defender um "companheiro" americano - com quem eles só conheciam há alguns minutos - da polícia militar americana ( MP). Conforme os cassetetes do MP voavam, mais australianos se juntaram à crescente briga do lado de fora dos pubs locais American PX que tinham acabado de fechar, e as ruas ficaram cheias de soldados e civis. Alimentada por álcool e noções de companheirismo, a multidão hostil fora do PX logo chegou a 100, enquanto os MPs americanos tentavam manter um perímetro defensivo erguido às pressas em torno da entrada do edifício. Por volta das 20h, a multidão chegava a várias centenas, com algumas estimativas improváveis ​​afirmando que cerca de 4.000 australianos estavam sitiando o PX americano. Os PMs foram atingidos com pedras, tijolos e outros projéteis, já que as autoridades locais optaram por não se interporem em uma situação cada vez pior. Quando um PM com uma espingarda apareceu na entrada do PX, toda a atenção foi atraída para a arma, e houve uma corrida imediata para controlá-la. A espingarda disparou, atingindo o artilheiro australiano Edward Webster no peito, matando-o instantaneamente. Mais dois tiros foram disparados, e pelo menos meia dúzia de australianos mais tarde seriam tratados por ferimentos à bala. O motim continuou até as 22h, quando a paz foi temporariamente restaurada no centro de Brisbane. O andar principal do American PX foi destruído e dezenas de indivíduos de ambos os lados sofreram ferimentos de vários graus de gravidade. Os censores militares agiram rapidamente para anular qualquer relato de um confronto mortal entre as tropas aliadas.

Aparentemente acreditando que o pior havia passado, nenhum dos dois exércitos respondeu confinando suas forças em seus quartéis. Com o PX americano sob guarda pesada, na noite seguinte (27 de novembro) uma multidão de soldados australianos se reuniu do outro lado da rua, em frente aos escritórios da Cruz Vermelha americana. O grupo então desceu o quarteirão para o prédio da sede de MacArthur, mas o general havia deixado o país. Meia dúzia de matilhas fortes de homens australianos se espalharam pela cidade, batendo em qualquer soldado americano que eles acharam especialmente vulneráveis ​​eram soldados americanos vistos com mulheres australianas. Os reitores australianos (polícia militar) e a polícia civil de Brisbane fizeram pouco para intervir, e os oficiais juniores australianos não quiseram ou não puderam restaurar a disciplina em suas fileiras. Por volta da meia-noite, a violência diminuiu, mas pelo menos 20 americanos sofreram ferimentos graves o suficiente para exigir hospitalização. A Batalha de Brisbane finalmente terminou quando, sob pressão de comandantes seniores, os reitores australianos adotaram uma postura de patrulhamento muito mais agressiva e interromperam a desordem.


The Phoenix Thanksgiving Day Riot (1942)

Os eventos do motim do Dia de Ação de Graças de Phoenix começaram no dia de Ação de Graças, 27 de novembro de 1942. Um soldado fora de serviço do 364º Regimento de Infantaria Negro, todo negro, ficou bêbado no Bar Alhambra, localizado na esquina das ruas 12th e Washington em Phoenix. Uma patrona negra começou a discutir com o soldado e lhe deu um tapa. O soldado respondeu batendo na mulher com uma garrafa. Oficiais da unidade toda negra do 733º da Polícia Militar, estacionados no Fairgrounds próximo, foram chamados ao local e tentaram prender o soldado, mas ele resistiu e brandiu uma faca.

Uma multidão se formou do lado de fora do bar, incluindo civis e soldados do 364º. Os oficiais do 733º que chegavam dispararam um tiro para o alto para tentar dispersar a multidão. Um oficial do 733º disparou um segundo tiro no chão, mas a bala ricocheteou e atingiu e feriu um soldado do 364º. Alguns soldados voltaram ao acampamento e contaram um relato exagerado do incidente, e muitos dos soldados se armaram, entraram em um jipe ​​e seguiram para a cidade em busca de vingança. Segundo um relato, os soldados se dispersaram do jipe, disparando revólveres, rifles e armas automáticas de alto calibre.

/> Arizona Republic Clipping on the Thanksgiving Day Riot, 28 de novembro de 1942

Soldados da 733ª unidade da Polícia Militar foram mandados para o arsenal de Camp Papago e receberam armas e munições. O confronto entre os soldados do 364º e do 733º, agora reforçado pela polícia de Phoenix, resultou em um motim. O policial de Phoenix, Leon Thompson, estava seguindo sua ronda, descendo a 16th Street, e foi imobilizado pelo tiroteio ao redor. Ele ficou deitado na rua por quatro horas, fingindo-se de morto para evitar ser baleado.

Outros policiais militares do 733º chegaram em veículos blindados e começaram a caçar os envolvidos. Muitos soldados do 364º esconderam-se nas casas de amigos. Os veículos blindados pararam na frente de uma casa e usaram um alto-falante para chamar qualquer um que estivesse dentro para se render. Quando os soldados não responderam, a 733ª polícia militar usou metralhadoras calibre 50 para abrir buracos do tamanho de um punho na casa.

No final da noite, três soldados do 364º foram mortos e outros onze feridos. O policial de Phoenix, George Haines, teve um tiro no dedo do pé. Mais de duzentos homens do 364º foram presos e mantidos na prisão por uma semana antes de serem liberados de volta para sua unidade. Quinze soldados foram julgados por “desobediência a ordens, motim e motim” e receberam sentenças de prisão federal de até cinquenta anos. O soldado Joseph Sipp do 364º foi condenado à morte, mas o presidente Franklin Roosevelt interveio e teve sua sentença comutada.


La Grange Journal (La Grange, Tex.), Vol. 63, No. 48, Ed. 1 quinta-feira, 26 de novembro de 1942

Jornal semanal de La Grange, Texas, que inclui notícias locais, estaduais e nacionais, juntamente com ampla publicidade.

Descrição física

oito páginas: mal. página 23 x 16 pol. Digitalizado em microfilme de 35 mm.

Informação de Criação

Criador: desconhecido. 26 de novembro de 1942.

Contexto

Esse jornal faz parte da coleção intitulada: Fayette County Area Newspaper Collection e foi fornecida pela Fayette Public Library, Museum and Archives para The Portal to Texas History, um repositório digital hospedado pelas Bibliotecas da UNT. Já foi visto 19 vezes. Mais informações sobre este assunto podem ser vistas abaixo.

Pessoas e organizações associadas à criação deste jornal ou ao seu conteúdo.

O Criador

Editor

Audiências

Confira nosso site de recursos para educadores! Nós identificamos isso jornal como um fonte primária dentro de nossas coleções. Pesquisadores, educadores e alunos podem achar este assunto útil em seu trabalho.

Fornecido por

Biblioteca, museu e arquivos públicos de Fayette

Reaberta em 2005, a ampliada Biblioteca Pública, Museu e Arquivos de Fayette serve a cidade de La Grange e as comunidades vizinhas no Condado de Fayette, Texas.

Entre em contato conosco

Informações descritivas para ajudar a identificar este jornal. Siga os links abaixo para encontrar itens semelhantes no Portal.

Títulos

  • Título principal: La Grange Journal (La Grange, Tex.), Vol. 63, No. 48, Ed. 1 quinta-feira, 26 de novembro de 1942
  • Título de série:The La Grange Journal
  • Título alternativo: LaGrange Journal

Descrição

Jornal semanal de La Grange, Texas, que inclui notícias locais, estaduais e nacionais, juntamente com ampla publicidade.

Descrição física

oito páginas: mal. página 23 x 16 pol.
Digitalizado em microfilme de 35 mm.

Notas

Assuntos

Títulos de assuntos da Biblioteca do Congresso

Estrutura de navegação das bibliotecas da University of North Texas

Língua

Tipo de item

Identificador

Números de identificação exclusivos para este problema no Portal ou em outros sistemas.

  • Número de controle da Biblioteca do Congresso: sn86088871
  • OCLC: 14209264 | link externo
  • Chave de recurso de arquivo: ark: / 67531 / metapth997733

Informação de Publicação

  • Volume: 63
  • Edição: 48
  • Edição: 1

Coleções

Este problema faz parte das seguintes coleções de materiais relacionados.

Coleção de jornais da área de Fayette County

Localizado no centro do Texas, os primeiros colonos anglo do condado de Fayette chegaram no início da década de 1820. O condado foi organizado em 18 de janeiro de 1838, com La Grange como sede do condado. A partir de meados da década de 1840, uma série de jornais de curta duração foi publicada em La Grange.

Concessão da Fundação Tocker

Coleções financiadas pela Fundação Tocker, que distribui fundos principalmente para o apoio, incentivo e assistência a pequenas bibliotecas rurais no Texas.

Programa de jornal digital do Texas

O Texas Digital Newspaper Program (TDNP) tem parceria com comunidades, editoras e instituições para promover a digitalização baseada em padrões de jornais do Texas e torná-los acessíveis gratuitamente.


26 de novembro de 1942 - História

  • GenMaj Hans Siburg, 1939 - setembro de 1939
  • GenMaj Robert Fuchs, 29 de setembro de 1939 - 15 de outubro de 1940
  • GenLt Alexander Holle, 15 de outubro de 1940 - junho de 1941
  • Oberst Martin Harlinghausen, 6 de janeiro de 1942 - novembro de 1942
  • Oberst Karl Stockmann, dezembro de 1942 - fevereiro de 1943
  • Obstlt Werner Kl mper, março de 1943 - novembro de 1944
  • Obstlt Wilhelm Stemmler, novembro de 1944 - janeiro de 1945
  • Obstlt Georg Teske, fevereiro de 1945 - maio de 1945

Formado em 1º de maio de 1939 em L neburg a partir de Stab / KG257. Em junho de 1941 redesignou o Stab / Fliegerf hrer Nord. Um Stabs-Staffel existiu de maio de 1939 a junho de 1941.

Reformado em novembro de 1942 em Grosseto, Itália.

Aeródromos e localizações de bases aéreas
Encontro Localização Gruppe Aeronave usada
1 de maio de 1939 - 24 de agosto de 1939 L neburg He 111H
24 de agosto de 1939 - 27 de agosto de 1939 Werneuchen He 111H
27 de agosto de 1939 - 7 de setembro de 1939 Gabbert / Pommern He 111H
7 de setembro de 1939 - 12 de setembro de 1939 Neudorf / Oppeln He 111H
12 de setembro de 1939 - setembro de 1939 L beck-Blankensee He 111H
Setembro de 1939 - 8 de abril de 1940 Westerland He 111H
8 de abril de 1940 - 9 de abril de 1940 Varel He 111H
9 de abril de 1940 - 17 de abril de 1940 Aalborg-West He 111H
17 de abril de 1940 - 29 de abril de 1940 Stavanger-Sola He 111H
29 de abril de 1940 - final de julho de 1940 Trondheim-Vaernes He 111H
Julho de 1940 a setembro de 1940 Stavanger-Sola He 111H
Setembro de 1940 - final de fevereiro de 1941 Beauvais He 111H
Fevereiro de 1941 - meados de março de 1941 Aalborg-West He 111H
Março de 1941 - junho de 1941 Stavanger-Sola He 111H
Novembro de 1942 - final de maio de 1943 Grosseto He 111H
Maio de 1943 - março de 1944 Salon de Province He 111H
Março de 1944 - junho de 1944 L beck-Blankensee Ju 88A
Junho de 1944 - agosto de 1944 Montpellier Ju 88A
Agosto de 1944 Valence, Lyon Ju 88A
Agosto de 1944 - 19 de setembro de 1944 M nchen-Riem Ju 88A
19 de setembro de 1944 - outubro de 1944 L beck-Blankensee Ju 88A
Out. 1944 - Nov. 1944 Bardufoss Ju 88A
Novembro de 1944 - 8 de maio de 1945 Trondheim-Vaernes Ju 88A

  • Maj Walter Loebel, maio de 1939 - 12 de setembro de 1939
  • Obstlt Hans Alefeld, 13 de setembro de 1939 - 20 de abril de 1940
  • Obstlt Hermann Busch, 20 de abril de 1940 - março de 1942
  • Hptm Bert Eicke (atuando), março de 1942 - julho de 1942
  • Maj Werner Kl mper, julho de 1942 - janeiro de 1943
  • Hptm Herbert Vater, janeiro de 1943 - julho de 1943
  • Hptm Klaus Toball (atuação), julho de 1943 - agosto de 1943
  • Hptm Helmut von Rabenau, agosto de 1943 - 11 de novembro de 1943
  • Hptm Jochen Muller, 12 de novembro de 1943 - julho de 1944
  • Maj Willi S lter, julho de 1944 - fevereiro de 1945

Formado em 1 de maio de 1939 em L beck-Blankensee de I./KG257 com:

Stab I./KG26 de Stab I./KG257
1./KG26 de 1./KG257
2./KG26 de 2./KG257
3./KG26 de 3./KG257

A partir de janeiro de 1942, começou a converter-se em bombardeiros torpedeiros He 111H, com uma conversão de pessoal em Grosseto de cada vez, começando com 3./KG26. Convertido em torpedeiros Ju 88A-4 LT de abril de 1944. O aricraft e as tripulações de I./KG77 foram absorvidos em 20 de julho de 1944:

Stab I./KG26 de Stab I./KG77
1./KG26 de 1./KG77
2./KG26 de 2./KG77
3./KG26 de 3./KG77

Aeródromos e localizações de bases aéreas
Encontro Localização Gruppe Aeronave usada
1 de maio de 1939 - 25 de setembro de 1939 L beck-Blankensee He 111H
25 de setembro de 1939 - 8 de abril de 1940 Schleswig * He 111H
8 de abril de 1940 - 9 de abril de 1940 Varel He 111H
9 de abril de 1940 - 16 de abril de 1940 Aalborg-West He 111H
16 de abril de 1940 - 29 de abril de 1940 Stavanger-Sola He 111H
29 de abril de 1940 - final de julho de 1940 Trondheim-Vaernes He 111H
Julho de 1940 a setembro de 1940 Stavanger-Sola He 111H
Setembro de 1940 - final de fevereiro de 1941 Beauvais He 111H
Fev 1941 - Set 1941 Aalborg-West ** He 111H
Set 1941 - Out 1941 Kemi He 111H
Out 1941 - Dez 1941 Petsamo He 111H
Dez 1941 - Jan 1942 Bardufoss He 111H
Janeiro de 1942 - março de 1942 Trondheim-Vaernes He 111H
Março de 1942 - 8 de novembro de 1942 Bardufoss He 111H
8 de novembro de 1942 - janeiro de 1943 Grosseto He 111H
Janeiro de 1943 - final de maio de 1943 Decimomanu (Sardenha) He 111H
Maio de 1943 - abril de 1944 Salon de Province *** He 111H
Abril de 1944 - julho de 1944 Grove (Karup) He 111H, Ju 88A
Julho de 1944 - agosto de 1944 Salon de Province Ju 88A
20 de agosto de 1944 - setembro de 1944 Memmingen, via M nchen-Riem Ju 88A
Set 1944 - Jan 1945 Bardufoss Ju 88A
Janeiro de 1945 - maio de 1945 Vandel (Vejle) Ju 88A

* 1./KG26 foi destacado em Westerland

** 2. e 3./KG26 mudou-se para Stavanger-Sola em março de 1941. 2./KG26 mudou-se para Banak em agosto de 1941, seguido por 3./KG26 em outubro de 1941. Todo o grupo foi unido novamente em dezembro de 1941 em Bardufoss .

*** Destacamento em Piacenza, janeiro de 1944 - fevereiro de 1944, para combater os desembarques aliados em Anzio.

  • Obstlt von Bushe, 1 de maio de 1939 - outubro de 1939
  • Obstlt Hans Hefele, outubro de 1939 - 3 de abril de 1940
  • Maj Martin Vetter, 6 de abril de 1940 - 20 de agosto de 1940
  • Maj Eckhard Christian, 21 de agosto de 1940 - 31 de dezembro de 1940
  • Maj Helmut Bertram, 1º de janeiro de 1941 - 17 de janeiro de 1941
  • Hptm Robert Kowalewski, 18 de janeiro de 1941 - 14 de maio de 1941
  • Maj W. Beyling, 15 de maio de 1941 - 11 de fevereiro de 1943
  • Maj Georg Teske, 12 de fevereiro de 1943 - 10 de agosto de 1944
  • Maj Otto Werner, 11 de agosto de 1944 - 2 de dezembro de 1944
  • Maj Rudolf Schmidt, 3 de dezembro de 1944 - 8 de maio de 1945

Formado em 1º de maio de 1939 em L neburg a partir de II./KG257 com:

Stab II./KG26 de Stab II./KG257
4./KG26 de 4./KG257
5./KG26 de 5./KG257
6./KG26 de 6./KG257

Começou a guerra com os bombardeiros He 111H. Em fevereiro de 1941, o 6./KG26 converteu-se em torpedeiros He111H-4/6 (torpedo). O resto do Gruppe se converteu em torpedeiros a partir de abril de 1942 em Grosseto (um staff de cada vez).

Em maio de 1942, 4./KG26 foi renomeado para 2./KG100, e foi reformado 2 meses depois (julho de 1942) de 7./KG26. O Gruppe começou a se converter em torpedeiros Ju 88A a partir de junho de 1943.

Aeródromos e localizações de bases aéreas
Encontro Localização Gruppe Aeronave usada
1 de maio de 1939 - 24 de agosto de 1939 L neburg He 111H
24 de agosto de 1939 - 27 de agosto de 1939 Werneuchen He 111H
27 de agosto de 1939 - 7 de setembro de 1939 Gabbert / Pommern He 111H
7 de setembro de 1939 - 12 de setembro de 1939 Nieder-Ellgut / Oppeln He 111H
12 de setembro de 1939 - 25 de setembro de 1939 L neburg He 111H
25 de setembro de 1939 - outubro de 1939 Schwerin He 111H
Outubro de 1939 - 21 de fevereiro de 1940 Westerland He 111H
21 de fevereiro de 1940 - março de 1940 Neum nster He 111H
Março de 1940 - 8 de abril de 1940 Westerland He 111H
8 de abril de 1940 - 9 de abril de 1940 Marx He 111H
9 de abril de 1940 - 16 de abril de 1940 Aalborg-West He 111H
16 de abril de 1940 - abril de 1940 Stavanger-Sola He 111H
Abril de 1940 - maio de 1940 Trondheim-Vaernes He 111H
Maio de 1940 - final de agosto de 1940 Aalborg-West He 111H
Agosto de 1940 - 6 de janeiro de 1941 Amiens He 111H
6 de janeiro de 1941 - janeiro de 1941 Catania He 111H
Janeiro de 1941 - maio de 1941 Comiso * He 111H
Maio de 1941 - novembro de 1941 Elêusis ** He 111H
Novembro de 1941 - março de 1942 Kalamaki ** He 111H
Março de 1942 - dezembro de 1942 Saki ** He 111H
Dezembro de 1942 - Janeiro de 1943 Grosseto He 111H
Janeiro de 1943 - maio de 1943 Villacidro (Sardenha) He 111H
Maio de 1943 - junho de 1943 Salon de Provence He 111H
Junho de 1943 - maio de 1944 Gro enbrode *** Ju 88A
Maio de 1944 - agosto de 1944 Valência Ju 88A
Agosto de 1944 - setembro de 1944 Neubiberg, Gro enbrode Ju 88A
Set 1944 - Nov 1944 Banak Ju 88A
Novembro de 1944 - maio de 1945 Trondheim-Vaernes Ju 88A

* 4. e 5./KG26 foi baseado em Foggia 6 de abril de 1941 - 20 de abril de 1941

** 6./KG26 mudou-se para Buzeau (Romênia) setembro de 1941, e para Saki, dezembro de 1941. Em outubro de 1942 mudou-se para Catânia e juntou-se ao resto do Gruppe em Grosseto em 9 de novembro de 1942.

*** 4./KG26 destacado em Focsani, abril de 1944 - maio de 1944 e, em seguida, retornou a Grossenbrode.

  • Maj Viktor von Lossberg, 1º de novembro de 1939 - 31 de maio de 1940
  • Maj G nther Wolfien, 1 de junho de 1940 - fevereiro de 1941
  • Maj Viktor von Lossberg, fevereiro de 1941 - 30 de agosto de 1941
  • Maj K. Lersche, 1 de setembro de 1941 - outubro de 1941
  • Maj S. B hme, outubro de 1941 - fevereiro de 1942
  • Hptm Ernst Thomsen, fevereiro de 1942 - 21 de julho de 1942
  • Hptm Muller, 22 de julho de 1942 - setembro de 1942
  • Maj G. Hielscher, setembro de 1942 - novembro de 1942
  • Maj Horst Kayser, novembro de 1942 - 19 de dezembro de 1942
  • Hptm Klaus Nocken, 20 de dezembro de 1942 - fevereiro de 1944
  • Maj Ernst Thomsen, fevereiro de 1944 - outubro de 1944
  • Maj Wolf Harseim, outubro de 1944 - 8 de maio de 1945

Começou a formar 12 de setembro de 1939 em Jesau com bombardeiros He 111H com:

Stab III./KG26 novo
7./KG26 novo (novembro de 1939)
8./KG26 novo (janeiro de 1940)
9./KG26 novo (dezembro de 1939)

A formação foi concluída em fevereiro de 1940, mas o gruppe foi imediatamente renomeado KGr126 com:

Stab III./KG26 became Stab/KGr.126
7./KG26 became 1./KGr.126
8./KG26 became 2./KGr.126
9./KG26 became 3./KGr.126

and was reformed from I./KG28 with:

Stab III./KG26 from Stab I./KG28
7./KG26 from 1./KG28
8./KG26 from 2./KG28
9./KG26 from 3./KG28

On 15 Dec 1941 while in Setschinskaja, was renamed II./KG100 with :

Stab III./KG26 became Stab II./KG100
7./KG26 became 4./KG100
8./KG26 became 5./KG100
9./KG26 became 6./KG100

and was reformed from the new I./KG28 with :

Stab III./KG26 from Stab I./KG28
7./KG26 from 1./KG28
8./KG26 from 2./KG28
9./KG26 from 3./KG28

On 8 Jun 1942 again renamed, now becoming I./KG1 with :

Stab III./KG26 became Stab I./KG1
7./KG26 became 4./KG26
8./KG26 became 1./KG1
9./KG26 became 2./KG1

and was reformed from K .Fl.Gr. 506, now with Ju88A-4 bombers:

Stab III./KG26 from Stab/K .Fl.Gr. 506
7./KG26 from 1./K .Fl.Gr. 506
8./KG26 from 2./K .Fl.Gr. 506
9./KG26 from 3./K .Fl.Gr. 506

8./KG26 was disbanded Jul 1943, and was reformed 13 Jul 1943 from 1./K .Fl.Gr. 906.

In Apr 1944 converted to Ju 88A-17, and in Aug 1944 - Nov 1944 to Ju 188A-3.

Aeródromos e localizações de bases aéreas
Encontro Localização Gruppe Aeronave usada
12 Sep 1939 - Jan 1940 Jesau He 111H
Jan 1940 - Feb 1940 Gotha He 111H
Feb 1940 - 8 Apr 1940 Schwerin He 111H
8 Apr 1940 - 9 Apr 1940 Westerland He 111H
9 Apr 1940 - 16 Apr 1940 Aalborg-West He 111H
16 Apr 1940 - Apr 1940 Stavanger-Sola He 111H
Apr 1940 - Jul 1940 Trondheim-Vaernes He 111H
Jul 1940 - Sep 1940 Stavanger-Sola He 111H
Sep 1940 - 16 Feb 1941 Poix-Nord He 111H
16 Feb 1941 - 3 Mar 1941 Achiet He 111H
3 Mar 1941 - 20 Jul 1941 Le Bourget He 111H
20 Jul 1941 - Sep 1941 Brest-Litovsk He 111H
Sep 1941 - Oct 1941 Bobruisk He 111H
Oct 1941 - Feb 1942 Setschinskaja, Baranovicze He 111H
Feb 1942 - Apr 1942 Grosseto He 111H
Apr 1942 - Jun 1942 Rennes He 111H
Jun 1942 - 8 Nov 1942 Banak Ju 88A
8 Nov 1942 - end May 1943 Grosseto Ju 88A
May 1943 - 6 Jul 1944 Montpellier* Ju 88A
6 Jul 1944 - Aug 1944 Garsons** Ju 88A
Agosto de 1944 Valence, Lyon** Ju 88A
Aug 1944 - Oct 1944 Kaufbe ren, Leck** Ju 88A, Ju 188
Oct 1944 - May 1945 Trondheim-Vaernes Ju 88A, Ju 188

* Detachment at Piacenza, Jan 1944 - Feb 1944, to combat the allied landings at Anzio.

** 7./KG26 at Grossenbrode, Jul 1944 - Sep 1944

  • Maj Franz Ziemann, 22 Mar 1941 - 6 Oct 1941
  • Maj Fritz Gehring, 7 Oct 1941 - Feb 1944
  • Maj Klaus Nocken, 18 Feb 1944 - 6 Sep 1944

Erg.Staffel/KG26 was formed Aug 1940 in L beck-Blankensee, and was increased to Gruppe strength 22 Mar 1941 with:

Stab IV./KG26 new
10./KG26 from Erg.Sta./KG26
11./KG26 new
12./KG26 new

12./KG26 was disbanded May 1942, and was reformed 4 Jun 1942 in Westerland from Erg.Sta./K .Fl.Gr.506.

Stab IV./KG26 became Stab/Erg.KGr. LT
10./KG26 was disbanded
11./KG26 became 2./Erg.KGr. LT
12./KG26 became 3./Erg.KGr. LT

Aeródromos e localizações de bases aéreas
Encontro Localização Gruppe Aeronave usada
Aug 1940 - 6 Sep 1944 L beck-Blankensee* He 111H, Ju 88A

* 12./KG26 at Westerland, 4 Jun 1942 - 16 Jun 1942

  • Flugzeugbestand und Bewegungsmeldungen, Stab/KG26
  • Flugzeugbestand und Bewegungsmeldungen, I./KG26
  • Flugzeugbestand und Bewegungsmeldungen, II./KG26
  • Flugzeugbestand und Bewegungsmeldungen, III./KG26
  • Flugzeugbestand und Bewegungsmeldungen, IV./KG26

During the Polish Campaign Stab./KG 26 operated from Gabbert under 1. Fliegerdivision (1st. Air Division), Luftflotte 1 (Air Fleet 1). On 7 September the unit was placed under the command of 2. Fliegerdivision, Luftflotte 4. Stab./KG 26 was ordered to L beck-Blankensee in North West Germany on 12 September to begin operations in the North Sea. II. Gruppe had 35 Heinkel He 111s with 31 serviceable on 1 September 1939. Based at Gabbert-Pomerania under 1. Fliegerdivision, Luftflotte 1.It attacked targets around Poznan throughout the campaign, attacking railway targets and Polish Army troop concentrations in the path of the German Fourth Army's advance between 2-4 September. Operations shifted to airfields on 4-5 September in the L dz and Warsaw area. On 7 September the units assaulted rail targets in the Lvov area in support of the German Fourteenth Army. I./KG 26 was withdrawn from operations over Poland on 12 September.

Stab./KG 26 began operations from the L beck base under the command of 10. Fliegerdivision on 12 September. On 28 September 1939 the first Luftwaffe aircraft lost over the United Kingdom during the war. I./KG 26 had played no part in the Polish Campaign. It had been ordered to L beck with 36 He 111s, 32 serviceable, under the command of 4. Fliegerdivision Luftflotte 2 for anti-shipping operations. On 1 September the unit conducted a reconnaissance over the Thames Estuary. 1.Staffel attacked the Royal Navy aircraft carrier HMS Ark Royal on 26 September. 3. Staffel conducted anti-shipping missions against Britain's east coast with some success. 3. Staffel sank five small vessels near the Firth of Forth on 7 December 1939. On 16 March 1940 3.Staffel attacked Scapa Flow and hit HMS Norfolk and one other ship, though the latter was not significantly damaged.

The unit did participate in Operation Weser bung. Stab./KG 26 was placed under X Fliegerkorps. During the rapid 6 hour German invasion of Denmark (1940) the unit moved to Aalborg Airport, Denmark on 12 April 1940. It relocated during the Norwegian Campaign to Stavanger, then Trondheim as the Wehrmacht progressed northward. I./KG 26 was based at Marx, near Wilhelmshaven and made cross-water attacks against Norwegian Navy coastal batteries at Kristiansand and near Oslofjord. On 10 April the unit made an attack on Scapa Flow to disrupt potential British Naval reinforcements to Scandinavia. Afterwards I. Gruppe concentrated on direct ground assault on Allied Armies in Narvik-Harstad. On 17 April, near Stavanger, HMS Suffolk was attacked. On 15 May I./KG 26 sank an unidentified transport vessel in Harstad Harbour. On 7 June 1940 made its last attack on Narvik harbour, which was aborted. II./KG 26 carried out anti-shipping operations between Britain and Norway, January'August 1940. During the campaign in Norway the Gruppe made several attacks on Allied Destroyers, Cruisers and transports without success. On 18 April 1940 HMS Warspite was damaged slightly by II./KG 26. The unit undertook tactical strikes against Norwegian Army positions in the south of the country until 1 May 1940. After a ten day rest, began strikes against British Naval forces. On 9 June it sank two transports and attacked HMS Ark Royal, west of Bod . The Gruppe lost only four or five aircraft in Norwegian operations. Owing to operations over Norway, the unit did not participate in the early Battle of Britain operations (June'August 1940). III. Gruppe began operations over Norway on 9 April and remained until the end of the campaign. It operated 33 He 111s, 26 serviceable machines in ground and maritime operations. Incomplete loss records show that KG 26 lost at least 40 aircraft (70% or greater damage) from April 09 to June 09, 1940.

Stab./KG 26 began operations with six He 111s, all operational. I./KG had 30 and 29. II./KG 26 began operations on 1 September 1940 with 27 He 111s and only seven operational. III./KG 26 had 26 He 111s, all operational early in the Battle. It participated in all operations until the Spring, 1941. It suffered heavy losses on 15 August 1940, when the Gruppe was intercepted out to sea when attempting to raid Dishforth losing seven aircraft. In December 1940 it made use of the SC 2500 bomb on raids against London.

On 28 October 1939, a Heinkel He 111H bomber from KG26, aircraft code 1H JA, officially became the first German aircraft to be shot down on British soil during World War II, Spitfire fighters from RAF 602 Squadron intercepted the Heinkel bomber, it was later nicknamed "the Humbie Heinkel" which crash landed near the small village of Humbie in East Lothian, Scotland.

KG 26 participated in the Battle of the Mediterranean, Battle of the Atlantic and operations on the Eastern Front, against the Arctic Convoys and the Soviet Navy over the Black Sea. I./KG 26 operated off the United Kingdom's east coast from bases near Aalborg in Denmark. On 27 April it sank the catapult ship Patia off the River Tyne mouth. By 15 June 1941 the Gruppe claimed one Cruiser, one Destroyer, 21 smaller ships and 436,186 BRT of merchant shipping. After Operation Barbarossa the unit was engaged in operations over ground along the Murmansk railway, the port of Murmansk and Arkhangelsk, and Barents Sea. 3. Staffel and 2. Staffel withdrew to Italy to train in torpedo attack methods in February 1942. In March-July 1942 the units intercepted Convoy PQ 11, PQ 15, PQ 16, PQ 17 and PQ 18. Against PQ 11 and 15 two ships were claimed sunk and one damaged. Against PQ 16 it claimed one sunk and two damaged. Intercepting PQ 17 two ships were claimed sunk and one damaged. Attacking PQ 18, the group carried out a massed torpedo attack known as the Golden Comb, developed as an anti-convoy measure. Several ships were claimed sunk, but for the loss of 12 He 111s and seven crews.[11] The unit had to be rebuilt owing to losses and was placed under the command of Luftflotte 5 on 20 September 1942.

II./KG 26 relocated to Sicily in January 1941 as part of Fliegerkorps X. After arriving, it lost six He 111s to an enemy air raid on 8 January 1941. On the night of 17/18 January 1941 12 He 111s were sent to bomb the Suez Canal. The range proved too great and I. Gruppe lost seven machines to fuel starvation. In the following weeks unsuccessful attacks were made on British warships in the Mediterranean. On 24 January it sank the freighter Sollum and minesweeper Huntley. The unit also took part in missions over Malta, losing its first aircraft on 8 February 1941. During the Balkans Campaign the unit moved to Foggia in northern Italy and conducted raids against Yugoslavia as part of VIII. Fliegerkorps.[12] 6. Staffel, I.Gruppe, KG 26 (6.III./KG 26) was rebased at Saki, in the Crimea and began operations over the Black Sea against the Soviet Navy. The unit claimed 20,000 BRT sunk in October-December 1941.

III./KG 26 suffered a number of redesignations and was reformed four times. The first formation was ended on 20 February 1940, after being formed for the first time on 1 November 1939. I./KG 26 was renamed K.Gr. 26 on 20 February 1940. I./KG 26 was reformed on 20 February was a fresh formation for the second time. On 15 December 1941, the unit was renamed II./KG 100. That same day the third formation of III./KG 26 was made, with fresh personnel. In June 1942 the units was once again renamed, and its fourth formation was to continue until the disbanding of Kampfgeschwader 26 at the end of the war. III./KG 26 largely undertook Army support missions units 1942 when it operated various staffel as anti-shipping units in France and Norway.

I./KG 26 left German occupied Norway in November 1942. The Gruppe was ordered to Grosseto to counter Operation Torch, the American landings in Morocco and Algeria on 8 November 1942. I./KG 26 attacked Allied shipping and lost 11 He 111s in November. On 22 December 1942, Ju-88s from III Gruppe', KG 26 torpedoed and damaged the British troopship Cameronia. Strikes were made all alnong the African coast. Allied air attacks cost the unit four aircraft on 8 February 1943 when the units base at Cagliari-Elmas, Sardinia was bo mbed. In July 1943 the unit also contested Operation Husky, the Allied invasion of Sicily. On 12 August the unit struck at Allied shipping in the western Mediterranean losing 10 machines for little result. On 8 September I./KG 26 attacked the Allied beaches at Salerno without success. In late August early September the unit moved to southern France at Salon-en-Provence. On 26 November 1943 the unit flew its last mission off North Africa. Until July 1944 I./KG 26 continued to fly anit-shipping missions off Anzio and western Italy. In July it relocated to Denmark to rearm with Junkers Ju 88A-4 aircraft. It formed a Einsatzstaffel which was ordered to pick up torpedoes from Flensburg for operations in the Crimea. However while en route, the unit ran into United States Army Air Force P-51 Mustangs and lost nine aircraft. I./KG 26 did convert onto the Ju 88, but owing to fuel shortages the unit was merged into I. and III./Kampfgeschwader 77 in early June.

II./KG 26 operated in the Crimea and Mediterranean over the same period. In April - September 1942 it undertook missions over the Kerch area. Among the ships attacked and sunk, the most notable success was a Soviet Submarine chaser, sunk on 6 July. An number of attacks were reported against Soviet Destroyers and Cruisers in August. The unit at this time was fragmented. 6 staffel (or 6.II./KG 26) operated under II. Fliegerkorps, Luftflotte 2 in the Crimea, while 5 staffel (5.II./KG 26) fought under Luftflotte 5. In August 1942 6.III./KG 26 moved to Grosseto, Sicily. On 10 August 1942 it sank two freighters from the convoy Pedestal. 6 staffel continued operations off North Africa until May 1944. Other units, such as 4 staffel remained based in the Crimea and attacked Soviet shipping during the German evacuation of the Crimea. Both 4 and 6 staffel relocated to Germany to retrain on the FuG 200 anti-shipping radar in April 1944. In June 1944 4, 5 and 6.III./KG 26 were located to France. These units were constanlty moved, participating in attacks against the Allied landings in Southern France under Operation Anvil. III./KG 26 also attacked Allied Shipping in the English Channel and off the Isle of Wight at night after the Allied Normandy Landings. In August 1944 III./KG 26 retreated into Bavaria, Germany after the defeat in France.

III./KG 26 operated in the Mediterranean, France and Norway during July 1942 - August 1944. Its most notable action was attacking Convoy PQ 18 in September 1942, whilst operating from Banak, Norway. III. Gruppe lost 8 He 111s on that mission. Missions continued against the Torch, Anzio and Normandy landings. By June 1944 III./KG 26 had suffered 50% losses and reduced missions to 3 or 4 per week of a few aircraft. In August 1944 it was withdrawn to Germany to rearm with the Ju 88A-3 in September - October 1944. In December the unit was relocated to Gardermoen, Norway.

I./KG 26 was sent to Norway again after refitting in Denmark. It attacked several Allied convoys without result. On 10 January 1945 it was ordered to disband. Some pilots were sent to fighter units to retrain for Defense of the Reich duties. Other personnel were molded into Field Divisions in Denmark in February - March 1945. II./KG 26 relocated to Banak, Norway on 25 October 1944. It undertook anti-shipping missions against convoy JW/RA 64 south of Bear Island on 7-10 February 1945. It claimed 8 hits. The next day it claimed hits on 11 freighters, two Cruisers and two destroyers. The British however stated that no hits were made. On 20 February 1945 it flew its last combat mission. In May 1945 it began to rescue encircled German soldiers from the Courland pocket as the Red Army closed in. The Gruppe's last operation, on 9 May 1945, was approved by the Western Allies.

III./KG 26 also assisted in these operations. The two Gruppen surrender to Allied forces at Gardermoen and Trondhiem, Norway on 9 May 1945.


Assista o vídeo: DEN VOJNY DAY OF WAR 1942 (Dezembro 2021).