Podcasts de história

Arizona 2016 - História

Arizona 2016 - História


A Convenção de História do Arizona

Desde 1960, a Convenção de História do Arizona oferece um fórum para a disseminação de pesquisas originais e a discussão de tópicos da história do Arizona. Realizado todo mês de abril em locais rotativos em todo o estado, todos os interessados ​​na história do Arizona, do Sudoeste ou da região fronteiriça são incentivados a participar. A Convenção oferece um excelente espaço para historiadores profissionais, estudantes de graduação, historiadores profissionais e qualquer pessoa interessada em história para se encontrar, apresentar suas pesquisas e discutir os tópicos importantes do passado do Arizona.

Obrigada

Os patrocinadores da Convenção de História do Arizona são muito importantes. Queremos agradecer às seguintes organizações por seu apoio contínuo: Arizona Historical Society, Arizona State Library, Archives and Public Records, Arizona State Parks, Arizona State University, Friends of The Journal of Arizona History, Heard Museum, Northern Arizona University, Salt River Project, Sharlot Hall Museum, True West Magazine, University of Arizona.


População do Arizona 1900-2020

Backlinks de outros sites e blogs são a força vital de nosso site e nossa principal fonte de novo tráfego.

Se você usar nossas imagens de gráfico em seu site ou blog, pedimos que você forneça a atribuição por meio de um link para esta página. Fornecemos alguns exemplos abaixo que você pode copiar e colar em seu site:


Visualização do link Código HTML (clique para copiar)
População do Arizona 1900-2020
Macrotrends
Fonte

A exportação de sua imagem agora está concluída. Verifique sua pasta de download.


Drenagem

Praticamente todo o Arizona está dentro do sistema de drenagem do Rio Colorado. O rio Gila, com seus principais rios alimentadores - o Sal e o Verde - é de longe o principal afluente do Colorado no Arizona.

Os rios Black, White e Verde são os principais afluentes perenes do Salt River, que deságua no rio Gila a sudoeste de Phoenix. Apenas durante os infrequentes - e ocasionalmente devastadores - períodos de inundação a água do escoamento avança rio abaixo, passando pelas inúmeras barragens construídas no sistema do Sal. O rio Gila nasce naquela parte do rio Mogollon localizada no oeste do Novo México e inclui outro afluente menor do rio Mogollon, o rio São Francisco. Dois riachos intermitentes do sul do Arizona, os rios Santa Cruz e San Pedro, fluem para o norte para o Gila, enquanto dois outros riachos intermitentes, os rios Agua Fria e Hassayampa, drenam o centro do Arizona para o sul no Gila. Barragens e sistemas de irrigação, exceto em raras ocasiões, deixam o rio Gila seco na maior parte de sua extensão.

O Little Colorado River - que drena o lado sotavento de Mogollon Rim e flui de sudeste a noroeste no rio Colorado entre Marble Canyon e o Grand Canyon - extrai e transporta pouca água de sua grande bacia hidrográfica. Por causa do efeito de sombra de chuva no lado sotavento de Mogollon Rim, o Little Colorado geralmente não é mais do que um fio d'água e muitas vezes está seco. Vários outros riachos pequenos e intermitentes, como o rio Bill Williams, drenam uma grande parte árida do oeste do Arizona.


História do Estado do Arizona

Marcos de Niza, um frade franciscano espanhol, foi o primeiro europeu a explorar o Arizona. Ele entrou na área em 1539 em busca das míticas Sete Cidades de Ouro. Embora ele tenha sido seguido um ano depois por outro caçador de ouro, Francisco Vsquez de Coronado, a maior parte do povoamento inicial foi para fins missionários. Em 1775, os espanhóis fundaram o Fort Tucson. Em 1848, após a Guerra do México, a maior parte do território do Arizona tornou-se parte dos EUA, e a porção sul do território foi adicionada pela Compra de Gadsden em 1853.

A história do Arizona é rica em lendas do Velho Oeste da América. Foi aqui que os grandes chefes indígenas Geronimo e Cochise lideraram seu povo contra os homens da fronteira. Tombstone, Arizona, foi o local do tiroteio mais famoso do Ocidente - o tiroteio no O.K. Curral. Hoje, o Arizona tem uma das maiores populações nativas americanas, mais de 14 tribos estão representadas em 20 reservas.

A manufatura se tornou a indústria mais importante do Arizona. Os principais produtos incluem itens elétricos, de comunicações e aeronáuticos. O estado produz mais da metade do cobre do país. A agricultura também é importante para a economia do estado. Os principais produtos são gado e bezerros, laticínios e algodão. Em 1973, uma das barragens mais maciças do mundo, a New Cornelia Tailings, foi concluída perto de Ajo.

O incêndio de Rodeo-Chediski começou em 18 de junho de 2002 e não foi controlado até 7 de julho. Foi o pior incêndio florestal registrado na história do Arizona até 14 de junho de 2011, quando o incêndio de Wallow ultrapassou Rodeo-Chediski como o maior incêndio da história do Arizona . O incêndio do Rodeo foi iniciado por um bombeiro de meio período que precisava de trabalho e o incêndio de Chediski foi iniciado pelo sinal de fogo de um motorista encalhado. Os dois incêndios se fundiram para consumir mais de 700 sq mi. Dois primos e sua fogueira desacompanhada foram responsáveis ​​pelo Incêndio Wallow, que consumiu 840 sq mi.

Em 2008, o senador do Arizona, John McCain, ganhou a indicação republicana para presidente dos EUA, perdendo para a chapa democrata de Barack Obama e Joe Biden.

Em um meet-and-greet em Tucson em 8 de janeiro de 2011, a congressista democrática do Arizona Gabrielle Giffords foi baleada na cabeça por um atirador solitário que também matou seis outras pessoas, incluindo uma menina de 9 anos e um juiz federal. Doze espectadores ficaram feridos. Jared L. Loughner mais tarde se confessou culpado de 19 acusações criminais e foi condenado a várias penas de prisão perpétua.

As atrações estaduais incluem o Grand Canyon, a Floresta Petrificada, o Deserto Pintado, a Represa Hoover, o Lago Mead, o Forte Apache e a Ponte de Londres reconstruída em Lake Havasu City.


Arizona

Arizona, o estado do Grand Canyon, alcançou a condição de estado em 14 de fevereiro de 1912, o último dos 48 Estados Unidos contíguos a ser admitido na união. Originalmente parte dos territórios espanhol e mexicano, a terra foi cedida aos Estados Unidos em 1848 e tornou-se um território separado em 1863. O cobre foi descoberto em 1854 e a mineração de cobre foi a principal indústria do Arizona até os anos 1950. Após a Segunda Guerra Mundial, a ampla disponibilidade de refrigeração e ar condicionado fez com que a população do Arizona e do século XX19 aumentasse e Phoenix se tornasse uma das cidades de crescimento mais rápido da América. O Arizona é o sexto maior estado do país em termos de área. Sua população sempre foi predominantemente urbana, principalmente desde meados do século 20, quando as áreas urbanas e suburbanas começaram a crescer rapidamente em detrimento do campo. Alguns estudiosos acreditam que o nome do estado & # x2019s vem de uma frase basca que significa & # x201Local dos carvalhos & # x201D, enquanto outros o atribuem a uma frase indiana Tohono O & # x2019odham (Papago) que significa & # x201Local da jovem (ou pequena) primavera. & # x201D


Mais história local

De acordo com o Manual de Informação de Voo da época, "Autorizações de tráfego aéreo que especificam 'pelo menos 1.000 pés acima de todas as nuvens' em vez de uma altitude de cruzeiro permitem que o voo seja realizado em qualquer altitude igual ou acima da altitude mínima em rota que é 1.000 pés ou mais acima da camada de nuvens. "

"1.000 operações no topo" são comuns, mas colocam muito mais responsabilidade sobre os pilotos quando se trata de tráfego aéreo ", diz o manual.

A manobra limitaria a quantidade de informações que o piloto seria capaz de receber sobre a proximidade do avião de outros aviões, deixando o piloto a depender do que pudesse ver.

Com a implementação de radares de vôo e vigilância por satélite, "1.000 operações no topo" não são mais usadas, de acordo com Ian Gregor, porta-voz da FAA.

“O tipo de radar e vigilância por satélite que temos hoje é muito diferente do que existia há 60 anos”, disse ele. "Como resultado, os pilotos normalmente não precisam ou pedem para voar acima do clima hoje. Os pilotos às vezes solicitam mudanças de altitude para ficar acima ou abaixo da turbulência, e o controle de tráfego aéreo concederá isso se for seguro fazê-lo."


The Journal of Arizona History

o Journal of Arizona History, a publicação acadêmica da Sociedade Histórica do Arizona, começou a ser publicada em 1960 como Arizoniana e mudou para o título atual em 1966. Cada edição trimestral contém 3-4 artigos, reminiscências, documentos e / ou ensaios fotográficos relativos à história do Arizona, o sudoeste e o norte do México 10-14 resenhas de livros atuais e uma seção de notas de livros destacando reimpressões e publicações de interesse local e regional. A edição típica consiste em 120 páginas e contém aproximadamente 25 fotografias históricas. Um índice de volume aparece em cada edição de inverno e um índice cumulativo está disponível no site da Sociedade.

A "parede móvel" representa o período de tempo entre o último número disponível no JSTOR e o último número publicado de um periódico. As paredes móveis geralmente são representadas em anos. Em raras ocasiões, um editor optou por ter uma parede móvel "zero", de modo que suas edições atuais estão disponíveis no JSTOR logo após a publicação.
Nota: No cálculo da parede móvel, o ano atual não é contado.
Por exemplo, se o ano atual é 2008 e um periódico tem uma parede móvel de 5 anos, os artigos do ano 2002 estão disponíveis.

Termos Relacionados à Parede Móvel Paredes fixas: Periódicos sem novos volumes sendo adicionados ao arquivo. Absorvido: Revistas que são combinadas com outro título. Completo: Revistas que não são mais publicadas ou que foram combinadas com outro título.


Mercado de seguro saúde do Arizona: história e notícias da bolsa de valores do estado & # 8217s

Pôr do sol sobre o canyon | Imagem: ustas / stock.adobe.com

Principais conclusões

  • Uma janela de inscrição relacionada ao COVID vai até 15 de agosto, sem a necessidade de um evento de qualificação. As inscrições abertas começam novamente em novembro de 2021, para a cobertura de 2022.
  • Os ativistas de saúde do Arizona reuniram assinaturas para obter uma ampla medida de reforma do sistema de saúde na votação de 2020. Mas um juiz o desqualificou em agosto de 2020 e a Suprema Corte de AZ manteve a decisão. . caso a ação para anular a ACA (na qual o Arizona é a autora) seja bem-sucedida. , quando atingiu o pico no Arizona (mas foi um pouco mais alto em 2021 do que em 2020). com prazo inicial do plano de até 185 dias.
  • Bright Health, Oscar e Cigna se juntaram à bolsa na área de Phoenix para 2019 Phoenix agora tem cinco seguradoras oferecendo planos na bolsa.

Visão geral do intercâmbio no Arizona

O Arizona usa o intercâmbio facilitado pelo governo federal, portanto, os residentes do estado usam HealthCare.gov para se inscrever em planos de intercâmbio.

As inscrições abertas para os planos de seguro saúde 2021 do Arizona foram de 1º de novembro a 15 de dezembro de 2020, com todos os planos vigentes em 1º de janeiro de 2121. Normalmente, um evento de qualificação é necessário para se inscrever ou fazer alterações no plano fora do período de inscrição aberta, mas uma janela de inscrição relacionada ao COVID está disponível até 15 de agosto, dando às pessoas outra oportunidade de se inscrever ou alterar sua cobertura para 2020. Sem qualificação O evento é necessário para usar esta janela especial de inscrição e é uma excelente oportunidade para inscritos novos ou existentes aproveitarem os subsídios de prêmio aprimorados criados pelo American Rescue Plan.

154.504 pessoas se inscreveram em planos de mercado individuais por meio do mercado do Arizona & # 8217s durante o período de inscrições abertas para a cobertura de 2021. Isso era um aumento de 153.020 pessoas no ano anterior, mas ainda assim quase 25% das mais de 205.000 pessoas que se inscreveram em 2015.

A bolsa do Arizona & # 8217s foi manchete nas semanas anteriores ao início de 2017 com inscrições abertas, devido ao aumento dos prêmios, saídas de seguradoras e a possibilidade de Pinal County (sudeste da área metropolitana de Phoenix) não ter seguradoras oferecendo planos de intercâmbio.

Em última análise, todas as áreas do estado acabaram com uma seguradora participante, o que continuou a ser o caso desde então. Três novas seguradoras se juntaram à bolsa do Arizona & # 8217s em 2019 - uma reviravolta dramática em relação a dois anos antes. Embora ainda esteja muito longe das 11 seguradoras que ofereceram planos na bolsa do estado & # 8217s em 2015, a participação na bolsa do Arizona & # 8217s saltou para cinco seguradoras em 2019, contra apenas duas em 2018. E algumas das seguradoras expandiram suas áreas de cobertura nos últimos anos. Em 2021, ainda havia apenas uma seguradora participante em algumas das áreas rurais do estado, mas os residentes em grande parte do centro e do sul do Arizona podem escolher entre duas ou três seguradoras participantes.

As seguradoras adicionais aumentaram a concorrência e aumentaram as opções de escolha de muitos inscritos. Embora, conforme observado abaixo, eles também trouxeram taxas de plano de referência mais baixas em alguns casos, o que resultou em subsídios de prêmio menores e prêmios líquidos mais elevados para alguns inscritos (os prêmios médios diminuíram na bolsa do Arizona & # 8217s em 2019 e novamente em 2020, mas na média os prêmios de referência diminuíram por uma margem mais substancial).

Janela de inscrição relacionada ao COVID até 15 de maio de 2021

Embora as inscrições abertas para a cobertura de 2021 tenham terminado em dezembro de 2020, há uma janela única de inscrição relacionada ao COVID que dá às pessoas outra chance de se inscrever ou fazer alterações no plano para 2021. Esta oportunidade, criada pela administração Biden para abordar o pandemia em andamento, começou 15 de fevereiro e continua até 15 de maio de 2021. Pessoas sem seguro (ou com seguro insuficiente, por meio de um plano não compatível com ACA) podem se inscrever para cobertura via HealthCare.gov durante esta janela, e os inscritos atuais também podem usar para fazer uma alteração em sua cobertura.

Está funcionando essencialmente como outro período de inscrição aberta, exceto que é duas vezes maior que a janela de inscrição de outono normal, e as seleções de plano feitas durante esta janela entram em vigor no primeiro dia do mês seguinte (em oposição ao período de inscrição de outono, quando as seleções de planos não entram em vigor até 1º de janeiro). Não é necessário um evento de qualificação para usar a janela de inscrição relacionada ao COVID.

Mudanças gerais no prêmio para 2021 variam de uma redução de 7% a um aumento de 9%

Arizona & # 8217s cinco seguradoras de mercado individuais implementaram as seguintes alterações de taxa média para 2021, que variam de uma redução de 6,75 por cento a um aumento de 9,33 por cento (na maioria dos casos, as taxas foram aprovadas conforme inicialmente protocoladas, embora as taxas aprovadas para o Blue Cross Blue Shield of Arizona e Ambetter terminaram um pouco abaixo do proposto inicialmente):

  • Blue Cross Blue Shield do Arizona: aumento médio de 1,48% (após uma ligeira redução média em 2020 e um ligeiro aumento em 2019, o BCBSAZ apresentou inicialmente um aumento de taxa proposto de 1,8 por cento). Os planos BCBSAZ estão disponíveis em todo o estado, já que a seguradora voltou ao condado de Maricopa em 2020, oferecendo cobertura lá pela primeira vez desde 2016. Os detalhes do preenchimento da taxa estão no número de rastreamento do SERFF BCAZ-132329912.
  • Health Net of Arizona (Ambetter da Arizona Complete Health): média de 2,36%diminuir(após nenhuma mudança na taxa média em 2020 e uma redução de 6,3 por cento em 2019, a Health Net propôs inicialmente uma redução na taxa média de 0,8 por cento para 2021). A Health Net também expandiu sua área de cobertura no Arizona em 2020. Os detalhes do preenchimento da taxa estão no número de rastreamento SERFF HNAZ-132319082
  • Cigna: aumento médio de 1,87% (após uma redução substancial em 2019 e outra pequena redução em 2020, essa alteração de taxa foi aprovada conforme arquivado). Os detalhes estão no número de rastreamento SERFF CCGH-132349884.
  • Oscar: 6,75 por cento da média diminuir (após uma redução de quase 6 por cento em 2020, as taxas de 2021 foram aprovadas conforme arquivadas). Detalhes disponíveis no número de rastreamento SERFF OHIN-132376122
  • Bright Health: aumento médio de 9,33% (após um aumento médio muito leve em 2020, as taxas de 2021 foram aprovadas conforme arquivadas). Detalhes disponíveis no número de rastreamento SERFF BRHP-132391637.

Bright Health & # 8217s as alterações de taxas propostas para planos específicos variaram de cerca de 3 por cento a cerca de 21 por cento. Portanto, embora a média geral do aumento da taxa proposto (e aprovado) pela Bright & # 8217s fosse de 9,33%, alguns de seus planos estavam acima do limite de aumento da taxa de 15% que aciona uma revisão pública da taxa.

Para uma perspectiva, aqui & # 8217s uma olhada em como os prêmios mudaram na bolsa do Arizona & # 8217s ao longo dos anos [Informações detalhadas sobre as taxas e disponibilidade do plano na bolsa do Arizona estão disponíveis no site do Departamento de Seguros do Arizona. Os reguladores do Arizona não têm autoridade para rejeitar aumentos de taxas, mas podem apenas determinar se eles são atuarialmente sólidos]:

2015: Principalmente estável, com algumas diminuições: Em 2014, os prêmios do Arizona & # 8217s estavam entre os mais baixos dos estados que usam HealthCare.gov. Uma análise da Kaiser Family Foundation mostrou que os prêmios caíram 10% na área de Phoenix em 2015, mas estagnaram ou aumentaram em muitas outras partes do estado.

2016: aumento médio de 12-14 por cento: Para a cobertura de 2016, as mudanças na taxa média do mercado individual final na bolsa variaram de menos de 2% de aumento (All Savers e Humana) a 21,4% da média em todos os planos Blue Cross Blue Shield do Arizona.

A taxa de referência média para uma pessoa de 40 anos em Phoenix ainda estava entre as mais baixas do país em 2016, a US $ 207 / mês. Apenas Novo México e Indiana tiveram prêmios de referência médios mais baixos. E embora o aumento médio da taxa no mercado individual do Arizona & # 8217s tenha sido de 12 a 14 por cento em 2016, os prêmios pós-subsídio (depois que as seleções de planos foram finalizadas durante as inscrições abertas) para 74 por cento dos inscritos com subsídios de prêmio foram na verdade diminuir do que em 2015.

2017: aumento médio de 57 por cento: Em 2017, havia apenas duas seguradoras oferecendo planos na bolsa do Arizona e # 8217s. A Ambetter / Centene / Health Net aumentou os prêmios em média 74,5%, e a Blue Cross Blue Shield do Arizona aumentou os prêmios em média 51,17%. O pico de prêmios em 2017 empurrou as taxas do Arizona & # 8217s bem acima da média nacional: para 2017, apenas três estados (Alasca, Carolina do Norte e Oklahoma) que usam Healthcare.gov tiveram prêmios de referência médios mais altos do que o Arizona.

Embora os prêmios médios tenham subido 57 por cento no Arizona em 2017, o prêmio médio de referência (segundo plano prata de menor custo) foi 116 por cento mais caro no Arizona em 2017 do que em 2016. Portanto, subsídios de prêmio, que são baseados no custo do plano de referência, cresceu significativamente no Arizona em 2017.

2018: Muito pouca mudança nos prêmios: Arizona e # 8217s duas seguradoras de câmbio continuaram a oferecer cobertura para 2018, mas cada condado tinha apenas uma única seguradora oferecendo planos de câmbio. Este foi essencialmente o caso em 2017 também, embora o BCBSAZ tenha oferecido um plano catastrófico no condado de Pima, junto com os planos Ambetter que estavam disponíveis naquele condado. Para 2018, no entanto, BCBSAZ encerrou seu plano catastrófico do condado de Pima.

Depois de experimentar um dos maiores aumentos de taxa média no país em 2017, a bolsa do Arizona & # 8217s teve uma das menores variações de taxa média em 2018, praticamente sem alteração. Ambetter / Centene / HealthNet (nos condados de Maricopa e Pima) aumentou seus prêmios em uma média de 1,8 por cento, enquanto a Blue Cross Blue Shield do Arizona (nos outros 13 condados do estado) diminuiu seus prêmios em uma média de 0,9%.

O arquivamento de taxas da Health Net & # 8217s incluiu a suposição de que o financiamento de redução de compartilhamento de custos (CSR) não continuaria, com o custo de CSR sendo adicionado aos prêmios para 2018. A Blue Cross Blue Shield do Arizona, por outro lado, apresentou taxas com base partindo do pressuposto de que o financiamento de CSR continuaria em 2018. Mas eles não revisaram seu processo depois que o financiamento foi eliminado, pois seu pedido havia indicado que as taxas ligeiramente mais baixas para 2018 seriam adequadas, independentemente de o financiamento de CSR ter sido fornecido pelo governo federal .

2019: Prêmio médio diminuir de 6,3 por cento: Todas as operadoras adicionaram o custo de reduções de compartilhamento de custos (CSR) às taxas do plano prata para 2019, de acordo com as instruções do Departamento de Seguros do Arizona. Os prêmios médios gerais na bolsa do Arizona & # 8217s foram cerca de 6,3% mais baixos em 2019 do que em 2018, embora tenha havido uma grande variação de uma seguradora para outra.

2020: redução média do prêmio de 0,2 por cento: Entre as cinco seguradoras que oferecem planos no mercado do Arizona & # 8217s, houve uma redução média da taxa de 0,2 por cento em 2020, com taxas essencialmente inalteradas em relação a 2019.

Medida de reforma do sistema de saúde foi impedida de aparecer na votação de 2020 no Arizona

A ACA impôs uma série de proteções ao consumidor em nível federal, mas seu futuro ainda está em dúvida devido ao processo em andamento Califórnia x Texas (Texas x EUA / Azar) e a possibilidade de ação futura do Congresso. E há alguns problemas, como o faturamento surpresa do saldo, que a ACA não abordou (mas a nova legislação federal fornecerá proteções bastante fortes para o faturamento do saldo surpresa a partir de 2022).

Os ativistas da reforma da saúde do Arizona estavam trabalhando para obter uma medida na votação de 2020 que teria consagrado várias proteções ao consumidor da ACA na lei do Arizona. A iniciativa eleitoral também impediria o faturamento surpresa do saldo de planos de saúde regulamentados pelo estado e aumentaria os salários da maioria dos funcionários do hospital.

Os voluntários no Arizona tiveram até 2 de julho de 2020 para reunir 237.645 assinaturas. Foram apresentadas 425.000 assinaturas, mas um juiz do condado de Maricopa decidiu em agosto que a medida não poderia aparecer na cédula porque algumas das assinaturas eram inválidas - por vários motivos - e porque a forma como a medida foi descrita para as pessoas durante o O processo de coleta de assinaturas era potencialmente enganoso. Os defensores da iniciativa eleitoral apelaram para a Suprema Corte do Arizona, mas o Tribunal decidiu em agosto de 2020 que a medida não apareceria na votação de 2020.

A iniciativa da votação foi polêmica desde o início, o Hospital do Arizona e a Associação de Saúde e Saúde se opuseram, já que a medida teria causado um aumento nas despesas hospitalares no estado devido aos salários mais altos que teriam de ser pagos aos funcionários do hospital. E uma parte significativa do apoio financeiro para a medida veio de um sindicato de trabalhadores da saúde com sede na Califórnia.

A legislação do estudo de resseguro foi considerada em 2020, mas não foi aprovada

A legislação (HB2425 e SB1213) foi introduzida no Arizona em 2020, exigindo que o Departamento de Seguros do Arizona conduzisse um estudo atuarial para determinar o efeito de um programa de resseguro e informasse aos legisladores os detalhes. O SB1213 foi aprovado no Senado em fevereiro e aprovado por um comitê da Câmara em março, embora nenhum projeto tenha avançado além disso durante a sessão de 2020.

Quatorze estados têm programas de resseguro em vigor em 2021. Os impactos específicos dependem de como um estado estrutura seu programa de resseguro, mas esses programas tiveram um efeito estabilizador sobre os prêmios de mercado individuais em todos os estados onde foram implementados - os prêmios são universalmente mais baixos com resseguro do que teriam sido de outra forma.

No entanto, a redução nos prêmios é determinada antes do cálculo dos subsídios aos prêmios. Quando os prêmios gerais diminuem, os subsídios aos prêmios também diminuem. E dependendo de quanto os prêmios do plano de referência mudam, os prêmios após o subsídio podem realmente aumentar para alguns inscritos. Conforme descrito abaixo, os prêmios de referência no Arizona diminuíram em mais do que a média geral dos prêmios para 2019 e 2020, resultando em uma cobertura menos acessível para pessoas que recebem subsídios de prêmio. Este seria um fator que os atuários teriam que considerar ao determinar o impacto potencial do resseguro no mercado do Arizona.

O GOP do Arizona trabalha para derrubar a ACA e, ao mesmo tempo, finge proteger as pessoas com condições pré-existentes

O Arizona é um dos estados demandantes no processo Califórnia v. Texas (Texas v. Azar), no qual 18 estados liderados pelo Partido Republicano estão trabalhando para tentar derrubar a ACA, incluindo todas as suas proteções ao consumidor (cobertura de emissão garantida, essencial benefícios de saúde, montantes de benefícios anuais e vitalícios ilimitados, etc.).

Dois tribunais concordaram com os demandantes em seu argumento de que o mandato individual da ACA & # 8217s é inconstitucional agora que não há mais um imposto para aplicá-lo. Mas, embora o tribunal de primeira instância tenha concordado ainda que o mandato individual não é separável do resto da ACA e que toda a lei deve, portanto, ser anulada, o tribunal de apelações enviou o caso de volta ao tribunal de primeira instância para uma nova inspeção para determinar exatamente quais aspectos de o ACA deve ser derrubado. A Suprema Corte ouviu os argumentos orais no caso em novembro de 2020, e uma decisão é esperada na primavera de 2021. A incerteza causada pelo caso é prejudicial para os consumidores e também para as seguradoras, e deixou alguns estados lutando para promulgar legislação para proteger os consumidores da possibilidade de o ACA ser derrubado.

E alguns deles são os próprios estados que estão trabalhando para tentar derrubar a lei em primeiro lugar. Nós escrevemos anteriormente sobre West Virginia e Louisiana, e como seus procuradores-gerais são demandantes no caso Texas v. Azar, ao mesmo tempo que apoiamos a legislação que supostamente protegeria os residentes se os AGs tivessem sucesso em seus esforços para derrubar a ACA. Os republicanos do Arizona também introduziram legislação que visa proteger as pessoas com doenças pré-existentes. Arizona SB1397, patrocinado por 15 legisladores GOP e promulgado em junho de 2020, proíbe seguradoras de saúde do mercado individual de rejeitar aplicações com base no histórico médico ou impor exclusões de condições pré-existentes. A legislação só entrará em vigor, no entanto, se e quando a ACA for revogada.

Mas é crucial entender que este projeto de lei fará muito pouco para ajudar as pessoas com doenças pré-existentes, nem ajudará as pessoas saudáveis ​​que atualmente só podem pagar pela cobertura por causa dos subsídios premium da ACA e da expansão do Medicaid. O SB1397 não proíbe as seguradoras de cobrar prêmios mais altos com base no histórico médico, que era uma prática comum no mercado individual antes do ACA. E o mais importante, não faz nada para substituir o financiamento federal (para subsídios de prêmio e expansão do Medicaid) que seria perdido se o ACA fosse derrubado.

No Arizona, em 2019, o prêmio médio dos inscritos na troca & # 8217s foi de US $ 589 / mês. Mas 79 por cento dos inscritos na bolsa estadual estavam recebendo subsídios de prêmio, e o prêmio líquido médio (após a aplicação dos subsídios) era de US $ 220 / mês. Sem esses subsídios, a cobertura seria inacessível para muitos inscritos. E as quase 400.000 pessoas cobertas pelo Medicaid expandido no Arizona não teriam sua cobertura sem o financiamento federal aprimorado da ACA & # 8217s para a expansão do Medicaid.

Os democratas do Arizona apresentaram um projeto de lei mais abrangente (SB1599), que exigia cobertura de emissão garantida e fixação de taxas com base nos fatores permitidos pela ACA (ou seja, tamanho da família, CEP, idade e uso de tabaco, embora o projeto fosse limitar a sobretaxa de tabaco em 7 por cento), de forma que os prêmios não pudessem ser ajustados mais alto com base no histórico de saúde da pessoa. Mas essa conta não avançou. Mesmo se tivesse passado, a perda do financiamento federal da ACA resultaria em prêmios de seguro saúde inacessíveis na maioria dos estados. A menos que os próprios estados possam cobrir esse financiamento (o que é improvável, na maioria dos estados), certamente haveria uma redução no acesso à cobertura de saúde acessível.

Taxas de referência mais baixas resultam em subsídios mais baixos para muitos inscritos, potencialmente contribuindo para o declínio das matrículas

Embora os prêmios médios do Arizona & # 8217s tenham diminuído ligeiramente - 0,2 por cento - para 2020, a média benchmark os prêmios no Arizona diminuíram 6%. E isso veio na esteira de uma redução de 10 por cento em 2019, quando os prêmios médios gerais diminuíram cerca de 6 por cento. Portanto, por dois anos consecutivos, os prêmios de referência médios na bolsa do Arizona & # 8217s caíram mais significativamente do que os prêmios médios gerais.

As reduções nos prêmios de referência podem ser causadas por reduções nas taxas das seguradoras atuais, mas também por novos participantes no mercado que oferecem planos com preços mais baixos do que os planos existentes, assumindo a posição de referência (três novas seguradoras aderiram à bolsa do Arizona em 2019: Oscar, Bright e Cigna). Uma vez que os subsídios do prêmio são baseados no custo do plano de referência, alguns residentes do Arizona começaram a receber subsídios do prêmio menores em 2019 e 2020, resultando em prêmios mais elevados após o subsídio, mesmo se o custo do pré-subsídio de seu próprio plano permanecesse razoavelmente estável ou diminuísse ligeiramente . E 83% dos inscritos no Arizona Exchange recebem subsídios premium, portanto, isso é significativo para a maioria dos inscritos.

Por exemplo, um candidato em Phoenix só tinha planos Ambetter disponíveis para 2018. Mas para 2019, havia planos disponíveis para essa área da Ambetter, Cigna, Bright e Oscar. Uma pessoa de 40 anos em Phoenix (código postal 85001) ganhando $ 30.000 em 2018 teria recebido um subsídio premium de cerca de $ 310 / mês, porque o plano de referência custava $ 513 / mês.

Mas em 2019, com quatro seguradoras oferecendo planos, havia um novo plano de referência, oferecido pela Cigna, e era de apenas US $ 426 / mês para nosso candidato de 40 anos. Isso significa que o subsídio do prêmio era muito menor, de US $ 220 / mês.

E o prêmio de referência caiu novamente em 2020 - agora é um plano oferecido pela Bright Health e apenas $ 400 / mês para um candidato de 40 anos (estamos mantendo a pessoa de 40 anos em cada ano para melhor comparar maçãs com maçãs na realidade, eles seriam 42 em 2020, o que significa que sua taxa teria aumentado devido à idade, além das mudanças regulares nas taxas anuais (o plano de referência seria de $ 415 / mês)

Se um candidato de 40 anos ganhando US $ 30.000 selecionasse o plano mais barato disponível em Phoenix em 2018 (Ambetter Essential Care 1), ele estava pagando um prêmio pós-subsídio de US $ 96 / mês, embora o custo de pré-subsídio do plano fosse US $ 405 /mês.

Se um homem de 40 anos ganhando $ 30.000,00 selecionasse o mesmo plano Ambetter Essential Care 1 para 2019, ele teria que pagar um preço pós-subsídio de $ 140,00 / mês. E isso & # 8217s apesar do fato de que o custo de pré-subsídio do plano na verdade caiu um pouco em 2019, caindo de $ 405 / mês para $ 360 / mês. [O Ambetter Essential Care 1 não era mais o plano menos caro disponível. Este candidato poderia ter escolhido um plano semelhante da Bright Health (com a mesma franquia de $ 7.900 e valor máximo para desembolsos), por um prêmio líquido de cerca de $ 113 / mês. Mas isso ainda era mais caro do que o plano de menor preço era em 2018, devido à redução no valor do subsídio.]

Para 2020, se um candidato de 40 anos ganhando US $ 30.000 quisesse selecionar o mesmo plano Ambetter Essential Care 1, o prêmio após o subsídio seria de US $ 155 / mês. E, novamente, isso & # 8217s, apesar do fato de que o custo de pré-subsídio desse plano diminuiu novamente para 2020, caindo (ligeiramente) para $ 356 / mês. As was the case in 2019, there are less expensive plans available: There’s a plan from Bright Health (with the same $8,150 deductible and out-of-pocket maximum that applies to the Ambetter plan in 2020) with an after-subsidy premium of about $133/month.

But that’s the lowest-cost option in 2020: $133/month, up from $96/month for the cheapest plan in 2018, for a same-age applicant with the same income (and an unchanged income is actually a lower percentage of the poverty level each year, since the poverty level increases if your income stays flat over the long run, and doesn’t keep up with inflation, you end up worse-off).

This is all because of the increased competition and lower benchmark premiums in Arizona’s exchange, which in turn lead to lower premium subsidies. The net cost of a given plan depends on how much it’s pre-subsidy cost differs from the pre-subsidy cost of the benchmark plan. And unlike 2017, when Arizona had by far the largest increase in benchmark premiums in the country (and thus a huge spike in the size of premium subsidies), Arizona’s average benchmark premiums decreased for 2019 and again for 2020. Overall average rates have declined in Arizona in 2019 and 2020, but the benchmark premiums declined more significantly, resulting in larger after-subsidy premiums.

Although there are a variety of factors contributing to the declining enrollment in Arizona’s exchange (and in most states that use HealthCare.gov), the decreasing affordability of coverage for people who get premium subsidies is no doubt one of the factors.

2021 enrollment up slightly from 2020, but still almost 25% lower than peak enrollment in 2015

Enrollment in Arizona’s exchange grew sharply from 2014 to 2015 (when the exchange was functioning much better than it did the first year), but declined over the next several years. It grew slightly in 2021, however, and may grow some more during the COVID-related enrollment window that runs through May 15, 2021.

While most states that use HealthCare.gov saw their enrollment peak in 2016, Arizona’s peaked in 2015 and declined slightly in 2016. It declined fairly significantly after that, dropping by more than 25 percent over five years. Even with the slight uptick in enrollment for 2021, enrollment is still down almost 25 percent from where it stood in 2015. Here’s a look at Arizona exchange enrollment totals (during open enrollment) each year since the ACA debuted:

  • 2014: 120,071 people enrolled
  • 2015: 205,666 people enrolled
  • 2016: 203,066 people enrolled
  • 2017: 196,291 people enrolled
  • 2018: 165,758 people enrolled
  • 2019: 160,456 people enrolled
  • 2020: 153,020 people enrolled
  • 2021: 154,504 people enrolled

Arizona was one of just a handful of states where enrollment was lower in 2016 than it was in 2015. And only two states – West Virginia and Louisiana – had larger percentage declines in their year-over-year enrollment from 2017 to 2018. Arizona’s decrease in enrollment can be attributed to a variety of factors, including the reduction of the duration of open enrollment, and the sharp reductions in federal funding for enrollment assistance and exchange marketing.

But while average enrollment across all states that use HealthCare.gov only dropped by about 5 percent in 2018, enrollment in Arizona dropped by more than 15 percent. This was despite the fact that average premiums were mostly unchanged in Arizona’s individual market. In most states, sharp premium increases resulted in an exodus from the individual market among people who don’t qualify for premium subsidies. But that factor didn’t play as much of a role in Arizona, where unsubsidized premiums were largely the same in 2018 as they were in 2017.

In 2019 and again in 2020, overall average premiums declined in Arizona, but average benchmark premiums declined even more. Premium subsidies are based on benchmark premiums, so subsidies dropped more significantly than overall average premiums, leaving some subsidized enrollees with higher after-subsidy premiums. This could certainly be a factor in the declining enrollment the state has seen in recent years.

Insurer participation in Arizona’s exchange: Robust to meager and back to fairly robust in some areas by 2019

Arizona’s health insurance exchange was once among the more robust in the nation. In 2015, there were 11 carriers offering plans in the exchange, some state-wide, and some in select counties. Three new insurers joined the Arizona marketplace for 2015: UnitedHealthcare, Assurant Health, and Phoenix Health Plans. In total, 13 insurers participated in the second year of enrollment in the Arizona exchange, up from 10 in 2014. Nationally, the number of participating insurers increased by about 25 percent in 2015.

By 2016, the number of participating insurers had dropped to eight. Three carriers that participated in the Arizona exchange in 2015 did not participate in 2016: Meritus, Time, and University of Arizona Health Plans. Time had proposed a rate increase in excess of 70 percent for 2016, but ended up leaving the market instead. Meritus, an ACA-created CO-OP, shut down at the end of 2015

And that exodus became even more of an issue the following year. By 2017, only two carriers are offering coverage in the exc hange (Blue Cross Blue Shield of Arizona, and Ambetter by Health Net Ambetter acquired Health Net, and the plans became “Ambetter by Health Net” as of January 2017), and in 13 of the state’s 15 counties, BCBS of Arizona was the only carrier available in the exchange:

  • Aetna – exited at the end of 2016
  • Blue Cross Blue Shield of Arizona – exited Maricopa county at the end of 2016, only offered Catastrophic plans in Pima County, but was the only exchange insurer in 13 of Arizona’s 15 counties in 2017.
  • Ambetter – new to the exchange in Maricopa and Pima Counties
  • Cigna – exited at the end of 2016 (Cigna returned to the exchange in 2019).
  • Health Choice – exited at the end of 2016
  • Health Net Life Insurance (PPO) and Health Net of Arizona (HMO) – exited Maricopa and Pinal counties at the end of 2016, remained in Pima county.
  • Humana – exited at the end of 2016
  • Phoenix Health Plans * – exited at the end of 2016
  • UnitedHealthcare (All Savers) – exited at the end of 2016

* For 2016 plans, Phoenix Health Plans did not pay broker commissions on new business submitted after November 19, 2015. The carrier said they met their enrollment target for 2016 during the first two weeks of open enrollment the elimination of broker commissions virtually guaranteed that enrollment slowed down for them, as brokers are reluctant to work for free (brokers don’t receive any compensation other than commissions).

Plan availability looked like this for 2017 in the Arizona exchange:

  • Maricopa County: Ambetter by Health Net
  • Pima County: BCBSAZ (Catastrophic plans only), Ambetter by Health Net
  • every other county: BCBSAZ

As of August 2016, with only two and a half months to go before the start of open enrollment for 2017, Pinal county had no carriers slated to offer plans in the exchange for 2017. But in early September, Blue Cross Blue Shield of Arizona announced that they would not exit Pinal county – as previously planned – at the end of 2016, and would continue to offer plans there in 2017. The carrier made it clear however, that “regulators and policymakers must find a way to stabilize the market and put long-term fixes in place.

Arizona’s health insurance exchange carrier participation for 2017 was in flux throughout much of 2016. As of mid-September, new filings had been submitted by Centene/Ambetter to offer coverage in Maricopa and Pima Counties (the plans offered were from Ambetter by Health Net, following the merger of the two companies)

But with Ambetter’s announcement, Cigna opted to exit the exchange in Maricopa County (the only county where they were planning to offer coverage), and instead partner with Ambetter by having Cigna Medical Group be an in-network provider for Centene/Ambetter in Maricopa County. Cigna Medical Group had about 100 physicians and 50 advanced practice nurses, and Ambetter enrollees were able to see them in-network in 2017.

Cigna and Freedom Life offered plans outside the exchange in 2018 (both with steep rate increases), although Freedom Life typically does not actively market their ACA-compliant plans. Aetna offered off-exchange plans in Arizona in 2017, but they discontinued those plans at the end of 2017. Cigna continued to sell off-exchange plans in Maricopa County, but they discontinued their “open access plus” plans (PPO-style) in favor of limited network plans (HMO-style). For 2019, however, Cigna has returned to the Arizona exchange, in Maricopa County.

For 2018, BCBSAZ’s rate filing noted that they were terminating their catastrophic plan in Pima County at the end of 2017, but continuing to offer the rest of their plans in 2018 in the same areas they offered coverage in 2017.

In 2018, only Health Net and Blue Cross Blue Shield of Arizona offered plans in the Arizona exchange. But for 2019, five insurers are offering plans in the Arizona exchange, albeit mostly in the Phoenix area.

Bright Health, which started offering individual market coverage in Colorado in 2017, and expanded to Alabama in 2018, began offering individual market plans in the Phoenix area for 2019 (Maricopa and Pima counties). Bright Health already expanded into Arizona in 2018 in the Medicare Advantage market.

And Cigna also returned to the Arizona exchange in Maricopa County, after switching in 2017 to selling plans only outside the exchange.

Although the new entrants to the Arizona exchange in 2019 were concentrated in the Phoenix area, 60 percent of Arizona’s population is in Maricopa County, and another 14 percent is in Pima County.

For 2020, all five insurers continued to offer coverage. Health Net expanded its coverage area in the state, and Blue Cross Blue Shield of Arizona returned to Maricopa County and is offering statewide coverage for the first time since 2016.

Fewer PPOs in 2016 none by 2017

PPO plans became rare in Arizona in 2016. Aetna, Cigna, and Blue Cross Blue Shield of Arizona all switched to HMO-only plans in the Arizona exchange in 2016 (Meritus, the ACA-created CO-OP, had also planned to do so prior to being shut down by regulators). Enrollees who had PPO plans in 2015 from those carriers were mapped to the most similar HMO available, but they also had an opportunity to shop around and switch to any other available plan during the 2016 open enrollment period. Health Net and All Savers were still offering PPO options for consumers who preferred a broader network in 2016.

But as of 2017, there were no PPO options available in the Arizona exchange. The trend towards more narrow networks (HMOs and EPOs) is common across the country as insurers look for ways to constrain costs while complying with the ACA’s regulations. Nationwide, there were 40 percent fewer PPOs available in 2016 than there were in 2015, and the trend has continued. All of the plans available in Arizona’s exchange in 2020 are HMOs.

Arizona CO-OP was 11th to fold

Arizona is among the 23 states where CO-OP health plans were established under the ACA. Meritus had been offering plans in Arizona since the first open enrollment began in the fall of 2013, but they fell far short of their enrollment target in 2014. Total membership stood at 869 people by the end of 2014 (Meritus said the number was closer to 3,500, but that’s still only a small fraction of the projected 24,000 people they had hoped to enroll).

But for 2015, Meritus lowered their rates and membership skyrocketed. By August 2015, they were covering 56,000 people in Arizona. And it’s noteworthy that Meritus was not among the carriers that proposed double-digit rate hikes for 2016.

Meritus was also unique – nationwide – in that they initially allowed applicants to purchase coverage year-round, outside the exchange. In the exchange, regular open enrollment periods applied, but outside the exchange, the CO-OP would enroll applicants at any time, albeit without access to premium tax credits and cost-sharing reductions (those are only available through the exchange).

In late summer 2015, they ended that policy and adjusted their enrollment guidelines to match Healthcare.gov and the rest of the off-exchange market, making Meritus coverage only available outside open enrollment for people who had a qualifying event, both on and off the exchange. Incidentally, Nevada Health CO-OP’s demise in August 2015 was partially blamed on the fact that they allowed year-round enrollment with no waiting period (and later, with just a 30 day waiting period, as opposed to the 90 days used by other Nevada carriers until the practice of year-round off-exchange enrollment ended in Nevada in the fall of 2019).

But on October 30, 2015 — just two days before the start of the 2016 open enrollment period — the Arizona Department of Insurance announced that Meritus had been placed under supervision and would wind down their activities by the end of 2015. The press release explained that two carriers were being placed under supervision: Meritus Mutual Health Partners was the PPO version, and Meritus Health Partners was the HMO.

The CO-OP did not agree with the Arizona Department of Insurance decision, but they were “unable to convince Arizona Department of Insurance’s director that the co-op was on solid financial footing.” Meritus CEO Tom Zumtobel said that the DOI’s ruling “really caught [Meritus] by surprise… We couldn’t get feedback from DOI on what specifically we needed to do.” Although Meritus was the 11th CO-OP to fold, most closed willingly (Colorado’s CO-OP also pushed back against regulators’ decision to shut them down, but did ultimately close at the end of 2015).

The 56,000 people who had coverage with Meritus all had to switch to coverage offered by another carrier for 2016. Meritus was the 11th CO-OP to fold, and the seventh since October 2014 when HHS announced that carriers would get just 12.6 percent of what they were owed under the ACA’s risk corridor program.

CHIP enrollment reinstated after six years

Arizona’s CHIP coverage had been frozen to new enrollments for six years due to a budget crisis, but in July 2016, CMS approved Arizona’s proposal to begin allowing new CHIP enrollments. As of July 26, 3016, the enrollment freeze for Arizona CHIP was lifted, which means that every state in the country had CHIP coverage available to new enrollees.

In Arizona, CHIP is available to children up to age 18 with household income between 133 percent and 200 percent of the poverty level (Medicaid is available below 133 percent of the poverty level). Arizona projected that 30,000 to 40,000 children were newly-eligible for CHIP thanks to the enrollment freeze being lifted. Prior to July 2016, families in this income bracket had to purchase coverage in the exchange to cover their kids. The benefits were not as robust as those offered by CHIP, and even with subsidies, the premiums were higher.

Arizona law prohibits the creation of state-run exchange

In April 2015, Governor Doug Ducey signed House Bill 2643 into law, effectively banning the state from creating a state-run exchange. Gov. Ducey told reporters that he signed the bill because he’s “no fan of [Obamacare]” and “not in favor of a state exchange.”

The law was enacted prior to the Supreme Court’s ruling in King v. Burwell, and at ACAsignups, Charles Gaba estimates that 133,000 people in Arizona would have lost their subsidies – and most likely their insurance – if the Court had ruled that subsidies could only be provided by state-run exchanges.

Luckily for the people of Arizona, the Supreme Court issued a ruling in June 2015, upholding the legality of subsidies in every state, regardless of whether the exchange is run by the state or the federal government.


2016 Arizona Revised StatutesTitle 15 - Education§ 15-717 American history and heritage

A teacher or administrator in any school in this state may read or post in any school building copies or excerpts of the following materials:

3. The pledge of allegiance.

4. The preamble to the constitution of this state.

5. The declaration of independence.

7. Writings, speeches, documents and proclamations of the founding fathers and the presidents of the United States.

8. Published decisions of the United States Supreme Court.

9. Acts of the United States Congress.

Disclaimer: These codes may not be the most recent version. Arizona may have more current or accurate information. We make no warranties or guarantees about the accuracy, completeness, or adequacy of the information contained on this site or the information linked to on the state site. Please check official sources.

Subscribe to Justia's Free Newsletters featuring summaries of federal and state court opinions .


Assista o vídeo: Grand Canyon National Park of Arizona - 4K Nature Documentary Film. Episode 1 - 1 Hour (Outubro 2021).